segunda-feira, março 29, 2010

Not so cool...

Há certos conceitos que não entendo... quando uma pessoa quer dançar e ouvir música para ensurdecer, vai à discoteca; quando quer tomar um copo e conversar com os amigos, vai a um bar; quando quer jantar e conviver com amigos vai a um restaurante.

Agora, ir a um restaurante/bar e não conseguir conversar com a pessoa que está ao lado porque tem as músicas aos altos berros e um animador armado em engraçadinho a falar tão alto que as paredes estremecem: não percebo!

Este sábado fui a restaurante/bar na praia para tomar um copo com uns amigos. Quando lá chegamos, deparamo-nos com o seguinte cenário: mesas, pessoas sentadas nas mesas a jantarem e a tomarem uns copos com família e amigos, e o irritante animador com o belo equipamento de karaoke, a berrar como se estivessemos num armazém antigo de fabrico têxtil com 2km de comprimento (quando na verdade o espaço até é a dar para o pequeno)!.

Conclusão: não se dançou porque não tinhamos espaço para isso, uma vez que o espaço era todo ocupado por mesas. E não conseguíamos falar sem ser a gritar. A cada 3 palavras que a minha amiga dizia eu respondia "TENS DE REPETIR! NÃO CONSEGUI OUVIR!"... e pelo meio ficávamos caladas a olhar uma para a outra à espera que as pessoas deixassem de grunhir para o microfone (karaoke).

Enfim...

3 comentários:

  1. looooolll pois é amori, há restaurantes assim. Foste onde, a um Rodízio brasileiro? :P

    ResponderEliminar
  2. Nops, foi a um bar na zona de oeiras (não quero dizer o nome! não é para me armar em famosa, mas ainda descobrem este maravilhoso blog e processam-me por difamação). LOL

    ResponderEliminar
  3. so te digo isto Karina sem acento: eu fiquei rouca! Mas isso é o menor... Eu fiquei meia surda depois disso. Sem duvida que ficou na minha lista negra de espaços de conversação offline :) ja agora, o animador secalhar ja estava tocadito... aquilo eram só meninas...

    ResponderEliminar

Gambuzinem