sábado, novembro 27, 2010

Finalmente...

Finalmente o meu amor está aqui ao meu lado :)

Que saudades que eu tinha tuas!**

sábado, novembro 06, 2010

Obrigada aquecimento global!

Apesar da minha mãe contar que quando eu era pequena (mais pequena ainda!), eu cheguei a ter aniversários com sol, grande parte dos meus aniversários - os que me lembro - foram repletos de frio, nuvens, chuva, casacos quentes, botas ainda mais quentes e dois ou três pares de meias em cada pé (não estou a gozar, nem a exagerar).

Mas este ano foi diferente. Sol, sol, sol! Uns amenos 22/23º. Um dia lindo.
Obrigada ao efeito estufa, ao el niño, ao aquecimento global!

Ainda bem que o Sr. Al Gore não lê o meu blog, senão dava-lhe uma coisa má. Mas se lesse, saberia que eu estou na brincadeira, e a ser profundamente parva, visto que me ocorreu agora na minha mente aquela imagem do urso polar num iceberg pequenissimo, sem saber para onde ir... Peço, por isso, desculpa a todos os ursos polares! Quero outra vez os aniversários frios, com chuva!

quarta-feira, novembro 03, 2010

Algum tempo depois...

Já cá não venho há algum tempo. Peço desculpa, mas é que a época de caça ao gambuzino começou, e tenho andado ocupada :D

A verdade é que, para além de ter andado um pouco mais atarefada, ultimamente só se tem falado numa e única coisa: "isto está mal, mal, mal! ai a crise! não sei onde isto vai parar... bem, com TGV, há de ser a algum lado 15 minutos mais cedo do que de avião!"...Mas não quero - não vou - falar mal do estado em que a nossa política se encontra, uma vez que não tenho grandes músculos e ser expatriada para a Mongólia para trabalhos forçados, seria realmente uma maçada!, e se eu começasse a falar tudo o que penso, seria de certeza esse o meu triste destino...

Outro tema muito em voga é o desemprego, mas isso seria voltar a falar - mal - do estado português, uma vez que prometem 150 mil novos postos de emprego - sim, pois claro, talvez se formos contar todos aqueles pulhas que andam a receber dinheiro para estarem em casa a coçar a micose porque têm uma unha encravada e por isso merecem receber subsídios de inserção social (é realmente uma forma de exclusão social ter uma unha encravada, amerela, cheia de pus, o que é os seus pares vão dizer na praia, oh meu deus!!!) - mas não só vemos o desemprego a subir, como vemos as condições precárias que muita gente tem que se sujeitar...

Também há outros assuntos: jantares na cantina da AR, encomenda de carros blindados porque vêm uns senhores que gostam de usar gravata e usar expressões como "yes, indeed!", as filas que aumentam nas misericórdias para as pessoas terem uma refeição quente nesse dia.... e o orçamento de estado... nem vou por aí...

Concluindo, algum tempo depois, cá voltei eu  ao meu blog, sem nada de realmente novo, apenas com definhamento das condições gerais deste país à beira mar.