terça-feira, março 01, 2011

Sala de cinema como objecto de estudo sociológico

Os valores morais/sociais/culturais da nossa sociedade podem ser vistos representados numa sala de cinema perto de si.

Sempre houve aqueles cochichos na sala de cinema. Sempre houve pessoas a mastigarem pipocas como se disso a sua vida dependesse. Sempre houve pessoas com um riso mais histérico, ou pessoas mais assustadiças que outras, deixando soltar pequenos berros aquando uma cena assustadora.

Mas caramba, nunca houve tanta gente tão mal-educada que não respeitasse os outros no cinema! E quem diz gente diz principalmente aqueles pirralhos dos adolescentes. É falar alto como se estivesse em casa, ineterruptamente, é devorar pipocas a alto e bom som, é bater com os pés na cadeira da frente, é um farrabadó! E quando se pede, educadamente, para falarem baixo ou, quiçá, calarem-se mesmo, ainda fazem pior. É, é nisto que vivemos: numa sociedade em os piquenos não tiveram e educação, e agora pensam que são os donos do mundo e que podem fazer tudo o que querem. Vivemos numa sociedade em que não há respeito pelo próximo, é o salve-se quem puder.

Ora, se esta gentinha não se sabe comportar numa sala de cinema e ficar 2 horas de bico calado, como é que se espera que se comportem no dia-a-dia?!

Cá eu não espero grande coisa...

3 comentários:

  1. A não ser que tenham mais que uma personalidade...

    ResponderEliminar
  2. pois... ou são bipolares: metade do cérebro no pólo norte, outra metade no pólo sul! É uma questão de brain frizzzzzing.

    ResponderEliminar

Gambuzinem