sábado, junho 11, 2011

Cabrón

Foi o que me veio à cabeça quando, ao fazer zapping, passo pelo canal Travel e vejo a cena de um toureiro espanhol a matar o touro na praça, ao vivo para todos os espectadores.

Não consigo perceber como é que vivemos numa sociedade que aplaude o sofrimento e morte de um animal. É que uma coisa é para comer - eu não como carne mas sei e percebo que é uma questão de sobrevivência - outra coisa é a morte como forma de entretenimento.

Se os toureiros levassem com aquelas agulhas nos costados, talvez já não gostassem tanto da ideia. Oléééé!

1 comentário:

Gambuzinem