domingo, junho 05, 2011

Vamos assumir

que o Sócrates não é um mentiroso. Vamos assumir que o Sócrates não é trafulha. Vamos até assumir que o Sócrates tentou fazer o melhor que sabia fazer. A verdade é que mesmo que isto tudo fosse verdade - yeah, right! - o melhor dele não foi o suficiente, foi aliás, muito mau. E eu prefiro arriscar do que não fazer nada. Aquela ladaínha muito portuguesa "ao menos sabemos o que contamos", comigo não funciona.

Pode-se estar a mudar para pior, pode-se. Mas também pode-se estar a mudar para melhor. E só por isso, eu prefiro arriscar, porque mesmo que daqui algum tempo eu diga "não melhoramos", também posso dizer que ao menos tentei.

Assim sendo, Sócrates: adeus e vai-te embora, óh melga.

2 comentários:

  1. pode-se estar a piorar, mas pelo menos estamos a dar chance a algo novo.

    ResponderEliminar
  2. Daniela: sim, é isso mesmo. Fiquei foi completamente atónita com a abstenção. Que essa gente não se venha queixar.

    ResponderEliminar

Gambuzinem