quarta-feira, agosto 10, 2011

Li algures que os meninos que andam por Inglaterra a vandalizar, nunca trabalharam na vida e vivem à conta de subsídios.

Ora bem, então, pelo que percebi estes meninos, que não sabem o que é trabalhar, que só sabem viver à custa dos outros, à custa do chamado "estado social", andam a destruir os pertences e trabalho de pessoas que se esforçaram e trabalharam durante uma vida inteira, que vivem dos resultados dos seus sacríficios e não de subsídios do estado.

Acho que sim... acho que está tudo doido!

11 comentários:

  1. Foi destruido o maior armazém de música independente do Reino Unido. Perderam-se discos incriveis, música nova e antiga e muito trabalho graças a esta gente idiota. É triste.

    ResponderEliminar
  2. às vezes revolto-me com os Portugueses nas mesmas condições, os que passam tardes a esplanar, na praia ou deitadinhos no sofá, mas pelo menos não começaram ainda a destruir nada (além da própria vida)

    ResponderEliminar
  3. Pedro: you're right!

    Vânia: ainda não sabia disso. É realmente triste :(

    " Smile: sim, é verdade... mal por mal, ainda aqui ninguém se lembrou de ser violento.

    ResponderEliminar
  4. So much for gentleman's!
    Escrevi sobre isso, não sei se já tinhas visto :)
    http://www.queroumplanetasoparamim.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  5. Temo, que qualquer dia o nosso Portugalito se torne numa Londres :|

    ResponderEliminar
  6. Imagina...: enfim, a ver no que isto dá!

    Vio: sim, vi vi! ;)

    Se eu pudesse: espero bem que não!

    ResponderEliminar
  7. Imagina...: enfim, a ver no que isto dá!

    Vio: sim, vi vi! ;)

    Se eu pudesse: espero bem que não!

    ResponderEliminar
  8. Acham? Fazer motins dá muito trabalho, o pessoal de cá (os que são equiparados aos que fizeram os motins lá!) não está para isso, e depois onde é que tinham tempo para ir para as esplanadas dos tascos gastar o rendimento social em cervejas e tremoços?

    ResponderEliminar
  9. Catarina: bem... isto vai parecer estranho, mas... pronto, ao menos não fazem tanto estrago!

    ResponderEliminar

Gambuzinem