terça-feira, dezembro 13, 2011

Grrrrrrrrrrrrrrr grrrrrrrrrrr xiiiiiiiiiii shuuuuuuuuuuu txiiiiiiiiiiiiiiiii djiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

Há uns dias atrás estivemos a falar aqui no estaminé sobre disquetes, cassetes e do tempo em que uma pen de 256mb custava 40€. E, no decorrer da nossa conversa nostálgica, lembrei-me do famoso Spectrum.

O meu irmão tinha um, que até dava para pôr cassetes. Era o máximo. Ainda me lembro do grrrrrrrrrrrrrrr grrrrrrrrrrr xiiiiiiiiiii shuuuuuuuuuuu txiiiiiiiiiiiiiiiii djiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii que fazia ao carregar o jogo e que demorava uma eternidade, mas eu tinha o tempo todo do mundo para esperar. Já hoje em dia, quando o Photoshop demora 3 minutos a gravar um documento mais pesado, já não sei o que fazer, o dia já fica estragado, óh meu deus que assim não dá, óh virgem que isto tem que ser feito agora imediatamente para ontem e o idiota do estupido do anormal do photoshop não se mexe.

Mas naquele tempo em que era criança, conseguíamos fazer tudo. Estudávamos, brincávamos, comíamos com calma, dormíamos, crescíamos com tempo. O dia parecia ter 36 horas, e havia sempre tempo para mais qualquer coisa.

Ah que saudadinhas desse tempo!

10 comentários:

  1. Belos tempos. Era o chamado tempo de qualidade, que hoje tende a não existir, infelizmente.

    Beijinho, querida :)

    ResponderEliminar
  2. Nós estamos muito mal habituados, agora.

    ResponderEliminar
  3. Bons tempos, mas é uma realidade naquele tempo o dia tinha horas que não acabavam e nós brincávamos, comíamos, tudo nas calmas. Agora nem tempo para respirar há.

    ResponderEliminar
  4. A nostalgia que me bateu agora... txiiii.
    beijinho

    ResponderEliminar
  5. Também sinto saudades do tempo que já não volta :(

    ResponderEliminar
  6. Ana: podes crer. Nunca tivemos tanta coisa para nos facilitar a vida, mas nunca tivemos tão pouco tempo para desfrutar do que é realmente decente ***

    Silver: não somos só nós que estamos mal habituados. Acho que é um rol de situações mesmo.

    D: nem mais!

    Tsuri: a mim também! parecemos aquelas velhotas que dizem "no meu tempo" ahahah ***

    Ana: pois é querida, agora é tentar aproveitar o tempo que temos***

    ResponderEliminar
  7. É por isso que nós agora somos uns stressadinhos de primeira! O dia tem exactamente as mesmas horas, e hoje em dia demoramos muito menos tempo a fazer as coisas, e mesmo assim andamos sempre stressados sem tempo para nada, como é possível!

    ResponderEliminar
  8. Ritinha: tens toda a razão. Por muito que a gente faça, parece que é sempre pouco...

    ResponderEliminar

Gambuzinem