sábado, abril 14, 2012

Eu e as calças

Comprar calças é, para mim, um tanto semelhante a um mau sonho. Não chega a ser um pesadelo, mas também não é propriamente um sonho bonito com flores, passarinhos e nuvens de algodão doce.

Este problema reside no facto de ter nascido na época errada. Não é que eu seja um convencida de primeira apanha, que se acha "toda boa", mas a verdade é que se eu tivesse nascido há umas 5 décadas atrás eu não teria problemas em escolher calças de ganga.

Passo a explicar: eu tenho ancas largas. Pernas rechonchudas. Cintura fininha. Eu tenho rabo. E que tipo de calças é que eu costumo encontrar nas lojas? Calças a direito. Calças que devem a servir a homens e mulheres. Calças que não têm um corte que dê para passar nas minhas ancas. E quando passam pelas ancas, ficam-me enormes na cintura - mesmo as de cintura descaída. Calças que espalmam tanto o rabo que mais parece ter um palmier em vez de um belo rabiosque.

Claro que eu podia resolver facilmente este problema indo à Salsa ou à Levis. É dos poucos sítios em que consigo encontrar calças que facilmente se adequam ao meu corpo. Mas digamos que não se adequa tão facilmente à minha carteira...

Não percebo - creio que nem tenho grande interesse em perceber - como é que a idealização do corpo da mulher foi-se alterando tanto ao longo dos tempos. Se antigamente era bonito ter-se ancas, rabo e pernas, hoje só se encontra roupa que fica bem a raparigas com corpos andróginos. Não quero dizer que estas raparigas sejam menos bonitas - nada disso! - simplesmente, actualmente, têm uma certa vantagem na altura de comprar calças do que as que têm algumas curvas.

Por isso é que eu gosto mais de vestidos e saias, são mais fáceis de ficar bem em qualquer corpo. Acentuam as características femininas. No entanto, dá jeito ter um um ou outro par de calças. Bonitas. Que sirvam. Sem estarem rasgadas, nem com lavagens esquisitas, e muito menos que tenha de pagar para que venham "defeituosas".

17 comentários:

  1. Sofremos exactamente do mesmo problema e pela tua descrição temos também o mesmo tipo de corpo. É um stress. Uma não servem na perna, outras não passam na anca. Depois dão-me outras que fico quase com a cintura nas mamas... Saio de lá sempre a suar. E sim, se quero um par de calças que me assente bem tenho mesmo que ir à Salsa, é caro mas compro o que quero.Já desisti de procurar noutras marcas. Beijinho e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  2. Também sofro desse mal...mas a Salsa é a minha perdição!! ;)

    ResponderEliminar
  3. Também sou assim dificilmente arranjo "aquele" par e calças ideal. Nasci à menos tempo que tu mas ainda assim tenho anca larga e um rabo grande, pronto tenho curvas. Na Pepe Jeans arranjo as calças perfeitas mas 100€ por umas calças não é propriamente para a minha carteira :)

    ResponderEliminar
  4. Sofro exactamente do mesmo mal --' e também não arranjo calças em qualquer sítio..às vezes compensa pagar um pouco mais e ter umas boas calças x)

    ResponderEliminar
  5. Como eu te entendo. Quando me passam nas ancas ficam sempre largas na cintura. Ultimamente safo-me bem com calças que sejam um bocadinho elásticas e assim já ficam bem nas ancas e na cintura (encontrei umas na primark que adoro, hiper confortáveis a 15 euros). Tenho um ou dois pares da salsa comprados à mais de dois anos, porque diga-se que custam os olhos da cara, e portanto não são para a minha carteira. Ah e entenda-se que essas da salsa foram compradas num outlet, por isso foram mais baratinhas :)

    ResponderEliminar
  6. Querida Karina, compreendo-te bem porque sofro do mesmo "mal". Tenho tudo o que, para mim, a mulher deve ter: mamas, rabo, pernas, ancas e zero barriga. Não sou magra. Sou mulher.
    Durante estes ultimos anos deixei de conseguir comprar calças. Era uma tortura. Agora descobri as calças elásticas e em funil que, na minha opinião, favorecem e muito o meu corpo. Talvez sejam uma boa opção para ti também.

    ResponderEliminar
  7. Também sofro desse mal.
    Agora roupas é só para gente magra! grrr

    ResponderEliminar
  8. Gambuzina,

    Tens razão no que dizes. Tem havido um acção de engenharia que visa destruir a natural e saudável feminidade da mulher e torná-la uma imitação reles do homem (obrigado feministas.).

    O propósito é destruir as linhas divisórias entre homens e mulheres como forma de criar uma geração confusa e mais facilmente controlável pela elite. Não penses que é teoria da conspiração:

    "O objectivo da revolução feminista é a eliminação das distinções sexuais." Shulamith Firestone (The Dialectic of Sex, 1972, p.11)

    A verdade dos factos é que o mundo da moda actual é controlado por homens homossexuais e estes, regra geral, nutrem um certo desprezo pela mulher bela e sexualmente atraente aos olhos dos homens.

    E porquê? Porque eles mesmos (os gays) gostariam de ter para si a atracção que os homens hetero dirigem às mulheres com formas atraentes (que, pelo que dizes de ti, deve ser o que tu tens, convencida!).

    Durante o teu intervalo da caça aos gambuzinos, dá uma vista de olhos ao último artigo nesta lista (o que fala das modelos).

    Vais ver o que eu também vi: a destruição do padrão de beleza feminino, e a androginização dos homens e das mulheres é obra de engenharia tendo em vista um propósito político.

    Aquilo que os homens gostam nas mulheres é essencialmente o mesmo por todo o mundo. As mulheres sabem disso e os homens também. Os engenheiros sociais aliados ao feminazismo e aos activistas homossexuais estão a fazer uma guerra perdida porque nem o homem nem a mulher tem controle sobre aquilo que eles gostam no género oposto: é biológico e inato.

    Mas até que eles se apercebam que estão a batalhar uma guerra perdida, muito sofrimento está a ser gerado entre ambos os sexos. Talvez seja só esse o seu propósito - não sei.

    O que importante saber é que há um plano por trás disso. e que temos que ser nós (eu, tu e todos) a expor essa agenda (como tu fazes neste post) e lutar contra ela.

    ResponderEliminar
  9. Mais uma coisa:

    "Se antigamente era bonito ter-se ancas, rabo e pernas, hoje só se encontra roupa que fica bem a raparigas com corpos andróginos."

    Aos olhos dos homens, ainda é atraente ter-se formas femininas do que ter um corpo andrógeno.

    ResponderEliminar
  10. detesto experimentar calças. Mas por razões diferentes.

    ResponderEliminar
  11. as calças são realmente difíceis de comprar! Percebo-te perfeitamente!

    ResponderEliminar
  12. Também não gosto muito de comprar calças, tenho uns 4 ou 5 pares que gosto mesmo, mas muito dificeis de encontrar.

    ResponderEliminar
  13. Sofro do mesmo problema! Já falei do mesmo assunto lá no blog...

    Já de mim não tenho paciência para ir às compras, então sabendo disso mesmo, que as calças nunca me ficam bem/servem ainda pior =S

    Também tenho a anca larga, rabo grande e coxas bastantes grossas e calças que é bom nem vê-las...

    Claro que também podia ir às lojas que referis-te mas isto estando desempregada é complicadito!

    Mas ou não me passam nem na barriga da perna, ou apertam no joelho, ou o rabo nem entra ou então para entrar em todo o lado tenho que comprar um 60 (exagero sim mas é quase isso lol )

    Ainda por cima não gosto de andar de saias nem vestidos... Tenho muito pouca roupa =S

    Beijocas

    ResponderEliminar
  14. Para mim também é um terror mas pelos motivos ao contrário: não tenho rabo mas tenho muita barriga. As calças de cintura descaída ficam mal e lá está: a Salsa é caríssima...mas são tão boas!

    ResponderEliminar
  15. I feel your pain...

    Devem querer que eliminemos as curvas, só que eu não tenho como cortar as ancas, e também não vou ganhar barriga só para ficar direita... Eu sou mulher caramba.

    Eheheheh Já desabafei a minha fúria :p Também aposto em saias e vestidos :)

    ResponderEliminar
  16. Miss Lizzie: pois é, eu também prefiro gastar um pouquinho mais e ir à Salsa, mas não dá sempre. Por vezes também encontro na Springfield, mas pulls, zaras e afins é para esquecer!

    Nokas: ai a Salsa, ai a Salsa! :D

    D: por acaso nunca me aventurei na Pepe Jeans... é tão cara!

    Ana João: digamos que eu não tenho outro remédio LOL mas as calças da salsa são realmente boas :)

    Sílvia: ahahah tal e qual! Por acaso só tinha um par de calças da Salsa comprado num outlet... nem aí costumo ter sorte :P

    Ana: pois, mas não sei porquê, não vou muito à bola com calças elásticas... manias!

    Cátias: podes crer! Há uns anos atrás eu ainda vestia o 34 - há tanto tempo atrás! lol - e no outro dia vi umas calças 38 - que é o que costumo comprar - na Pull e digo-te que eram mais pequenas que o 34 que eu usava há tempos atrás.. go figure!

    Lucas: e eu a pensar que era por as fábricas serem todas na china e lá terem moldes mais pequenos... really!

    Trendytwins: então?! Conta aqui à malta :)

    Fashionista: já para não falar que metade das calças vão à vida, com a bainha que é necessário fazer para a minha alturinha lol

    Vera: compreendo-te! Mas eu tenho mesmo de comprar calças - emagreci uns bons quilos e agora as que tinha estão todas grandes...

    eutambemtenhoumblog: eu por acaso gosto muito mesmo de saias e vestidos... é a minha sorte!

    SuperSónica: é que lá encontras sempre calças adequadas para cada tipo de corpo :)

    Catarina: oh yes! Desabafa tudo o que quiseres querida ;)

    As Conversas da Sopa: sempre, sempre sempre... nunca consigo arranjar um par de calças num único dia... xispas!

    ResponderEliminar

Gambuzinem