quarta-feira, junho 20, 2012

A pensar, a pensar... morreu um burro!

Estava eu tão convencida que, como uma das minha cunhadas está grávida, me iriam largar a perna durante algum tempo. Pensava eu que o novo bebé na família iria distrair tudo e todos e que se esquecessem de mim e da minha pouca vontade de querer povoar este planeta. 

Pensava mal. Raios, agora é toda a gente a perguntar "ahhh então quando é que te decides?!", "ahhh, a seguir és tu, não é?!", "ahhhh, a ver se fazem uma menina para não serem sempre rapazes!"... ahhhhh, não.


11 comentários:

  1. Deixa... Comigo também se passa o mesmo. Uma pessoa aqui com 20 anos, na universidade sem tempo para nada e solteira e feliz, e só me chateiam. É a minha mãe a querer por uma cama de casal no meu quarto, a minha avó a querer ter um bisneto. Até a minha irmã de 10 anos diz que quer ser tia!
    Ás vezes só me apetece dizer: «Ok eu faço o puto e depois ficam voces a tomar conta dele. Pode ser?» O meu medo é que elas respondam que Sim! Pânico!

    ResponderEliminar
  2. Sabes o que me dizem ainda hoje?!?! em vez da cadela devias era ter arranjado um filho... e com um ar todo ofendido!!

    claaaaro...é que é já!

    ResponderEliminar
  3. Não há saco para essa conversa. Um filho é uma coisa demasiado séria para ser imposta pelos outros. Arranjem cães e gatos, apre!

    ResponderEliminar
  4. Ah pois é, o país precisa de gente jovem, que isto está a ficar um asilo. xD

    ResponderEliminar
  5. isso é tão cansativo!!! eu tive que me passar e dizer para pararem de me fazerem a mesma pergunta todos os dias que já irritava, que quando nos decidíssemos, avisávamos! enfim!

    ResponderEliminar
  6. Eu ouvi isso durante anos, até que comecei e responder torto. Às tantas já íam diminuindo mas parou de vez quando me separei!!!!!! ufffaaa que chatas!!!!

    ResponderEliminar
  7. isso é tão cansativo de se ouvir.... eu sou a 2ª prima mais velha e já fui passada pela minha prima 2 anos abaixo de mim. E não tenho vontade de ter filhos... aliás, com 27 anos pondero nem ter. Não posso dizer que esteja "mal" mas não estou segura e, por mais "egoísmo" que seja, tenho medo da nossa sociedade, o que vai ser, no que se vai tornar nas privações que vão ter... e penso. Posso ser feliz eu e ele. E com o pouco que tivermos, viajar, conhecer o mundo, ir por aí. E, correndo tudo bem, porque não adoptar aos 45...50. Quem sabe. Se é comodismo? Talvez. desculpa o testamento...

    ResponderEliminar
  8. Sempre me disseram que cada um sabe de si e Deus sabe de todos. Ninguém tem nada que dar bitaites!!! ;)

    ResponderEliminar
  9. Até a mim que só tenho 21 anos, a mãe do meu namorado diz-nos que quer ser avó e para nós não esperarmos os de 6 anos que pretendemos ter de espera. Diz que é muito tempo. lol

    ResponderEliminar
  10. Ca nervos!! Da tua vida, só tu sabes, irra!

    ResponderEliminar
  11. Afrodite: ah, eu ouviria a mesma resposta, por isso... nem pensar dizer isso :P

    NEXT STOP: e eu digo sempre que antes de ter um filho - se alguma vez tiver - arranjo um cão. E não estou a brincar, quero lá saber o que pensam! :P

    Fuschia: nem mais! por isso é que eu quero primeiro um cão. E viajar. Bolas, sou demasiado nova para pensar nessas coisas, credo!

    oystershells: também acho, mas não vou gerar um filho só porque sim. Quem quer, que os tenha. Eu não quero.

    Lili: irra, é mesmo!

    SuperSónica: já tinham parado de me chatear... mas agora com isto... pronto! aiiii!

    Maria: eu penso exactamente assim. Eu quero viajar, quero ter noites bem dormidas, quero ir ao cinema quando quero ir, quero ir jantar fora quando me apetecer, quero ir a um café a um bar e não estar preocupada com essas coisas. Tudo bem, acredito que traga muitas alegrias, mas eu ainda sou demasiado egoísta para essa fase. E também acho que para se ser mãe, não se pode ser egoísta. Ao menos eu tenho isso em consideração, coisa que muita mãe não tem.

    Batata Frita: ai, claro! :D

    Cátia: me-do! digo-te: me-do!

    Cacau: e mai'nada! eheheh ***

    ResponderEliminar

Gambuzinem