quarta-feira, julho 04, 2012

Da crise na Enfermagem

Tanho lido por aí várias pessoas que estão indignadas por estarem todos tão escandalizados com a polémica dos enfermeiros virem a ganhar menos de 4€ por hora, porque a crise vê-se em todas as áreas, porque todos trabalham muito, muitos começam as suas carreiras a trabalhar de borla, e que a crise não passa só pela a área da enfermagem.

O que eu acho disto: têm todos razão. A crise é uma bestinha que ataca tudo e tudos (pelo menos para aqueles que querem trabalhar e ganhar dinheiro honestamente). No entanto, num país em que se paga menos de 4€ para uma pessoa ter as responsabilidades que tem, que não são poucas, não são fáceis e em que implicam o bem estar físico e mental dos seus pacientes (com isto não estou a dizer que ninguém mais tem responsabilidades, é óbvio que todos nós temos responsabilidades independentemente da área profissional), é um país que demonstra não ter respeito por nenhuma profissão - talvez por alguns gestores de algumas grandes empresas públicas, tirando isso, não estou a ver mais nada.

Mas pode ser que um dia, uma dessas mentes brilhantes que chegou à fantástica conclusão de oferecer aquele valor irrisório, venha a precisar da assistência de um dos nossos enfermeiros e se lembre do trabalho que todos eles têm.

11 comentários:

  1. Mas não, quem ganha mais(milhões) são aqueles diretores e gestores que não sei como (porque se ganham muito é porque deviam estar a fazer o trabalho direito) levam a empresa a ter dívidas/prejuízos do tamanho do mundo.
    Esquece! Não cabe na cabeça de ninguém isto.
    Conheço um caso em que uma empresa entrou em layoff e os gestores receberam prémios(€) pelo trabalho feito. Como é que mereceram ter ganho prémio se a empresa não estava operacional totalmente?
    Espero(e eles estão a fazê-lo) que os enfermeiros(e outros que se sintam injustiçados) lutem para terem uma melhor qualidade de vida

    ResponderEliminar
  2. Sabes quem são as pessoas que tem valor neste mundo? Os gestores milionários mas sejamos francos: Com muito dinheiro toda a gente sabe gerir o que quer que seja, certo? Reis deviam ser aqueles que com pouco gerem as empresas deste país e não as deixam ir à falência.

    ResponderEliminar
  3. É muito curiosa esta maneira de "contratar"... e encher os bolsos a outros tantos... Porque a pagar 3.96€ aos enfermeiros (pelo que se dizia na Comunicação Social o valor exacto é este) é porque a "empresa" que presta o serviço ainda recebe 0.54€/hora...

    Então não podiam as ARS's optar pela contratação directa destes profissionais e pagar um bocadinho mais pelo mesmo custo?
    Isto já não falando na questão dos falsos recibos verdes... mas enfim...

    ResponderEliminar
  4. O nosso país é mesmo assim , é hipócrita com as pessoas que fazem dele um país melhor . E por isso, por serem tão mal agradecidos e que temos médicos / enfermeiros / doutores / engenheiros a ir para fora do país. Porque a verdade é mesmo essa , aqui dentro ninguém dá valor ao trabalho português .
    Tanto que quando vou a qualquer consulta médica, com quem levo ? Com médicos espanhóis, brasileiros, . . . quase não reconheço o meu país :(

    ResponderEliminar
  5. O Problema é que essas pessoas têm grandes seguros de saúde e vão ao particular onde os enfermeiros ganham bem. É uma vergonha!

    ResponderEliminar
  6. O Miguel Sousa Tavares disse algo que acho que demonstra muita coisa "Um enfermeiro que ganha esta miséria não permitirá que os doentes lhe façam exigências"!

    E mais não digo!
    =)

    * * *

    ResponderEliminar
  7. Isabel Lima: deixa lá que eu também sei de uma empresa que começou a despedir pessoal por causa da crise. Mas no final do ano, os directores andaram a comprar carrões topo de gama... Enfim!

    Olhó Mau Feitio: concordo!

    Timido: neste país é tudo assim... acontecem sempre coisas... estranhas!

    *Lili*: completamente! Eu não sou contra ser atendida por pessoas de outros países, desde que façam bem o seu trabalho e respeitem as nossas leis. Sou contra é virem dizer para sermos nós a emigrar! Pois bem, sr. Primeiro Ministro, é o que vou fazer!

    Beauty Fashion Lounge: mas nunca se sabe... pode ser que um dia ainda venham a precisar!

    Blue star: e com toda a razão!

    Fashionista: isto é muito triste mesmo... :/

    ResponderEliminar
  8. está tudo mal. não são só os enfermeiros.

    ResponderEliminar
  9. belle du jour: eu sei, acredita que sei :/

    ResponderEliminar
  10. belle du jour: eu sei, acredita que sei :/

    ResponderEliminar

Gambuzinem