quarta-feira, agosto 22, 2012

Só para deprimir mais um pouco, o Banco de Portugal é a favor da queda em 10% dos ordenados em Portugal

"Ordenados nacionais poderão ter de cair ainda mais num futuro próximo para compararem bem em termos europeus, diz o Banco de Portugal (BdP)", in A Bola.

Diz, ainda nesse mesmo jornal, "o índice cambial efectivo real ligado aos ordernados caiu 6 por cento em Portugal, enquanto na zona euro o recuo foi de 14 por cento".

O que estes senhores não dizem é que nos outros países europeus, mesmo havendo uma queda maior do que em Portugal, aqueles continuam a ter ordenados muito superiores aos de cá. E que também não ouvimos dizer destes senhores do Banco de Portugal, é que o seus ordenados também vão baixar, como forma de "exemplo". É que para baixar ordenados, que sejam os do povinho, que eles são demasiado importantes e nobres para tal.

16 comentários:

  1. É começar por cima... pelos cab**** que nos governam!
    Deputados, banco de portugal...
    Grande cambada!

    ResponderEliminar
  2. Realmente. Os ordenados deles são importantíssimos e muito mais chorudos que os nossos e por isso mesmo nos deles não se mexe. A cortar só mesmo no do Zé Povinho, que pelos vistos come e cala e alguns ainda agradecem .

    ResponderEliminar
  3. Acho que não devem fazer comparações com outros países europeus quando eles não estão/têm nas/as mesmas condições que nós.
    Deviam era de começar a cortar a quem tem mais dinheiro! O pobre, pouco tem e o que tem está sempre a ser cortado.

    ResponderEliminar
  4. Pois, mas os ordenados dos senhores do banco de Portugal não vão ser cortados...

    ResponderEliminar
  5. Uma granada tens que me possas emprestar? Sei bem onde deixa-la cair!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. Isto é uma vergonha!! Se me cortam mais no meu, qualquer dia só trabalho para aquecer!! :)

    ResponderEliminar
  7. Realmente nós estamos a ficar iguais aos restantes paises da Europa menos no ordenado (que é dos mais baixos), mero pormenor!!! Enfim.

    Bjokas

    ResponderEliminar
  8. Se há assunto da crise que me mexe com os nervos é esse. É mandá-los todos à merda, sinceramente..

    ResponderEliminar
  9. Só boas notícias... Que tristeza! E se começarem a tirar mesmo aos bancos? Humm? Não seria melhor?

    ResponderEliminar
  10. Claro que os ordenados deles não vão baixar, nem sequer tiveram corte dos subsídios!

    ResponderEliminar
  11. Não sei em que país eles acham que estão.

    ResponderEliminar
  12. Dj LionMaster: devia ser assim, mas não. É começar pelos pequeninos. Estupidos!

    Maria: deus os livre de perderem algum cêntimo que seja... cruz credo!

    Isabel Lima: exactamente. As condições são totalmente diferentes. É como comparar com outros países que também estão em crise, é uma estupidez porque nem todos estão em crise pelas mesmas razões!

    A Bomboca: pois não, isso nunca vai acontecer... quem se lixa é o mexilhão!

    Tsuri: lol eu também sei :P

    Há um amor que nunca morre: yep, qualquer dia ainda pagamos para trabalhar!

    *C*inderela: é como a questão dos feriados, se formos a ver, há países com mais feriados que nós...

    Fuschia: nem mais, concordo contigo!

    Ana FVP: não, aqui as dívidas dos bancos somos nós que pagamos...

    Isa: e ainda têm o descaramento de dizer uma coisa destas...

    S*: também não sei...

    ResponderEliminar
  13. É uma tristeza...palavra que últimamente me passa muito pela cabeça :(

    Já que gostam tanto de fazer comparações deveriam faze-las todas. Ora então se vamos comparar o tal índice cambial efectivo real, então comparamos também os ordenados...mas mesmo assim teríamos que chamar-lhe índice cambial efectivo falso porque infelizmente isso só se aplica a alguns, aos que menos podem.

    É um ciclo vicioso e o "cómico" é que é assim e pronto, porque não podemos fazer nada e temos que aguentar... e que tal o povinho, que é a maioria deste país, começar-se a revoltar? Mostrar que sim senhor temos que combater a crise e vai ser duro, mas não pode ser só para alguns mas sim para todos?

    Não sei...

    ResponderEliminar
  14. E estamos nós no Euro!!!!!!´
    É uma tristeza

    beijokinhas

    ResponderEliminar
  15. Quebrava-lhes era uma coisa que cá sei...

    ResponderEliminar
  16. ccm: se eles querem realmente que a gente fique igual aos outros países, tinham era de aumentar os ordenados. E tudo o resto que eles lá têm de melhor!

    Suely: ahahah pois é amiga!

    luisa: eu também, eu também...

    ResponderEliminar

Gambuzinem