sábado, setembro 08, 2012

Uma questão de semântica

Depois de anunciadas as novas medidas de austeridade, em que o primeiro-ministro atirou poeira aos olhos de todos os portugueses ao afirmar de que não se tratava de um novo imposto mas apenas de uma nova taxa (porque o senhor nem sequer tem tomates para chamar as coisas pelos nomes), já algumas pessoas me têm vindo dizer que eu é que faço bem e que vou embora na altura certa.

O triste nisto tudo é que quem devia "fugir" daqui, não deveria ser eu ou tantos outros que, em busca de melhores perspectivas, deixam tudo para trás. Deviam fugir para bem longe todos aqueles escroques sem vergonha que deixaram no passado e estão no presente a afundar este país numa Atlântida. Aqueles que destruiram a agricultura, as pescas, aqueles que deram tudo a quem não merecia, aqueles que fizeram autoestradas em todo lado para agora estarem sempre vazias, aqueles que não declaram tudo aquilo que ganham, aqueles que só têm mentido, manipulado, roubado. Aqueles que só pensam no dinheiro imediato e não pensam no futuro. Porque estes todos não precisam de pensar no futuro, pensam que o deles está garantido.

Quem se lixa é sempre o mexilhão. Sempre.

12 comentários:

  1. Chamem-lhe imposto ou taxa, eu vou continuar a chamar-lhe roubo.

    ResponderEliminar
  2. eles fazem-nos de parvos! e isso deixa-me fula!!!

    ResponderEliminar
  3. Ainda o povo reclamava do Sócrates!
    Quando aparece o Steps Rabit na televisão digo quase sempre "Volta Sócrates!". Como deve estar em França, não me ouve

    Eu acho que o nosso país precisava de uma bela reviravolta nas leis e afins porque leis e outras coisas do milénio passado não dão para agora.
    O que mais me revolta é ver um povo (uma grande percentagem) a ser vigarista, e como dizes, "aqueles que não declaram tudo aquilo que ganham" a serem beneficiados - como foi o caso de um ano para o outro desaparecerem milhares de dependentes. fizeram puff! foi?

    Revolta! Se pudesse dava um par de estalos a cada ministro para acordarem para a vida! Como eles já têm o resto da vida assegurados acho que estão.se a marimbar para o povo!

    ResponderEliminar
  4. Concordo tanto com este texto. É triste termos de deixar o país que nos viu crescer por causa destes senhores. Enfim.

    ResponderEliminar
  5. O que tenho a dizer sobre isto, para além do que já publiquei no blog, são asneiras. Só e apenas.

    ResponderEliminar
  6. A nós também já nos ocorre fugir deste país que tanto nos magoa e rouba tantos e tantos sonhos.
    Ninguém merece!
    grande beijo minha querida e força!

    ResponderEliminar
  7. Runaway*: essa é que é essa!

    Roxanne: completamente, pensam que devemos ser todos parvos...

    Isabel Lima: o problema é que chegámos ao ponto que chegámos à conta do Socrates. Ele não foi o único culpado, mas foi o maior. Pelo menos, não deve ter havido primeiro-ministro tão mentiroso, tão corrupto, tão manipulador como este. O Passos Coelho peca porque só vê cifrões à frente, e por ainda não ter feito aquilo que tinha prometido, tal como privatizar a tap, a rtp e acabar com as fundações ridiculas que não servem para nada...

    Inês de Sousa: é revoltante e tão, mas tão frustrante!

    A Bomboca mais Gostosa: lol tenho de ir ver o teu post ;)

    Tsuri: pois é querida, e quem possa realmente merecer, é quem fica mais à vontade... Beijo grande e obrigada minha querida***

    ResponderEliminar
  8. Graças as férias andei meia afastada dos blogs e só agora ando a meter a leitura em dia.
    Só agora percebi que vais para fora, Desejo-te toda a sorte e força deste mundo, mesmo!!!!!

    ResponderEliminar
  9. Estamos a ser roubados e os ladrões ainda gozam na nossa cara. Concordo inteiramente contigo. Eles é que deviam ir par bem longe, muito longe.

    ResponderEliminar
  10. Claro que não devias ser tu! Admiro-te a coragem :) E digo-te com tanta gente a ir embora, dá ainda mais medo de ficar cá.

    ResponderEliminar
  11. Maria: é verdade, eles ainda gozam na nossa cara. Deviam ter vergonha!!!

    Cat: oh obrigada :) pois, eu sei... isto está a ficar muito estranho, o ambiente é de medo... :(

    ResponderEliminar

Gambuzinem