quarta-feira, dezembro 12, 2012

Antes que o mundo acabe, permitam à minha pessoa reflectir sobre 2012

Este ano, 2012, não foi um ano particularmente bom. Também não posso dizer que tivesse sido mau, horrível, nojento, e que só aconteceram coisas más. Felizmente, pelo menos de uma forma directa, nada de horrífico e sem solução se passou por estas bandas. No entanto, 2012 foi um ano de decisões, de indecisões, de mudanças e adaptações.

O pior de 2012 é mesmo o facto de ter passado o ano a chorar. Eu, Maria Madalena que não consegue segurar as lágrimas nem que tenha uma arma apontada à cabeça, chorei tanto que dava para envergonhar o dilúvio da história da Arca de Noé. Isto porque primeiro vi muita gente próxima a ficar sem emprego, vi o desemprego numa escala nacional a trepar pelas paredes, vi gente a passar cada vez pior, vi o desespero a aumentar e a esperança a fugir como areia da praia que foge entre os dedos. Segundo, chorei porque nunca senti tantas saudades de tanta gente durante tanto tempo. Primeiro foi do Gambuzino, quando ele veio para a Irlanda e eu fiquei alguns meses ainda em Portugal, depois comecei a sofrer de saudade da família e das amigas logo por antecipação - e eu que sou uma mestre na arte do sofrimento por antecipação - e por fim, quando vim para cá. Portanto, também já estou a prever um 2013 um pouco inundado, porque as saudades não fogem, não morrem, não nada. Apenas podemos aprender a viver com a saudade cravada no coração. E chorei porque foi descoberto ao meu cãozinho velhote uma doença maldita que não tem cura, chorei porque pensava que quando finalmente tinha conseguido dar uma passo em frente numa das poucas coisas que tenho para resolver na minha vida, afinal parece que foram dados dois passos atrás.

Mesmo assim, quero acreditar que todas estas decisões e mudanças venham a ter frutos belos e sumarentos. É verdade que não nos encontrávamos numa situação complicada, mas somos apologistas do "antes prevenir que remediar". Temos sonhos, temos metas, temos planos para o futuro, e o nosso objectivo é atingir todas essas metas. Foi por isso que decidimos sair de Portugal antes que fosse tarde demais, porque apesar de gostarmos tanto do nosso país, chegámos à conclusão que o nosso país não gosta assim tanto de nós. Porque Portugal chegou ao ponto em que já não vale a pena lutar, só vale a pena é saber quem temos no nosso livrinho de contactos.

Mas também tive coisas boas: fui a três casamentos, vi três casais lindos a oficializarem a sua relação, o seu amor e as suas vidas perante a família e amigos. Nasceu mais um sobrinho (o segundo), que é um matulão e, pelo que temos visto no skype, super vivaço. E tenho sido muito mimada por todos, é uma grande verdade. E basicamente é isto. Ah, e fiz a minha primeira tatuagem.

Que venha lá esse 2013, já tenho os lenços de papel guardados para futuras lágrimas, mas uma mente e corpo de ferro, para aguentar com tudo o que venha daí. E um sorriso na cara, sempre.

15 comentários:

  1. E muita força para este novo ano :) que tenhas sorte em tudo :)

    ResponderEliminar
  2. Sorriso estampado no rosto de um coração que chora? Caramba mulher...és forte! Vamos em frente!

    ResponderEliminar
  3. força e deixa as lágrimas para trás.. e o corção vai se habituando às saudades..

    kisses***

    ResponderEliminar
  4. Pensamento positivo. E que 2013 te traga muitas coisas boas. ;)

    bjs

    ResponderEliminar
  5. 2012 não foi um bom ano, também chorei muito, mas ao contrário de ti não tenho nada de bom para recordar (excepto o facto de estar viva, ainda que 'a duras penas'...)

    ResponderEliminar
  6. Energias positivas a caminho e boas vibracaoes :)
    2013 vai ser um grande ano, vais ver.

    eu sou tambem uma chorona sem cura :))
    Baci*

    ResponderEliminar
  7. Com tão chora não sei como não desidratas-te ehehehe! Fases complicadas todos nos temos mas há que ter pensamento positivo e de certeza que tudo irá comer pelo melhor!!:)

    ResponderEliminar
  8. Fico a torcer por um ano de 2013 carregado de muita energia positiva para ti :)

    ResponderEliminar
  9. Espero que 2013 seja um ótimo ano para ti!!**
    Como é que é a tua tatuagem, já agora? :)

    Ahaha e olha, eu uma vez estava a passear o rabo perto do campo e levei com uma bola de basquetebol na cara. Foi com tanta força! Só me apetecia desmanchar aos berros e a chorar, mas não dei parte fraca xD

    ResponderEliminar
  10. Espero que 2013 te seque as lágrimas e só traga momentos bons. :)

    ResponderEliminar
  11. É com esse pensamento que tens que enfrentar o ano que ai vem :) forte e com um sorriso na cara! Aconteceram coisas chatas, muito chatas, e estar longe do nosso país deve ser terrível, mas tudo há-de compensar! beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Este ano foi muito difícil para muita gente em relação ao emprego, muitos tiveram de sair do país, outros como eu vão-se mantendo cá com alguma mas pouca esperança! É pensar que o ano que vem será melhor! Bjinhos***

    ResponderEliminar
  13. meninaluaprimavera: sempre! :D

    OrquideaBranca*: obrigada querida*

    Ovelha Flor Guerreira: tristezas não pagam dívidas! Posso ficar triste, e com saudades e tudo. Mas continuo a ter mais que bons motivos para sorrir :)

    rosa_chiclet: claro, e só sinto saudades porque felizmente tenho gente de quem gosto tanto :)

    Maria: muito obrigada :D ****

    Doce: vamos ver! lol

    GATA: óhhhh, isso é que é pior! Espero que 2013 só te traga coisas boas!****

    Ombemua - Saoirse: como diz o meu irmão, eu só choro por 2 motivos: por tudo e por nada lololol que 2013 seja magnífico! Obrigada*

    Ana: claro, mas este ano foi mesmo um teste... mas só posso é pensar positivo :)

    Fiona: obrigada! :) ****

    Patrícia: obrigada! Eu fiz uma estrela, pequena :)

    S*: obrigada :)

    Ju: só tem é de compensar :) beijinhos e obrigada****

    Jovem $0nhador@: como se costuma dizer "a esperança é a última a morrer!" :)

    ResponderEliminar

Gambuzinem