quarta-feira, janeiro 09, 2013

Ironia das ironias

Há uns anos atrás li um artigo sobre um estudo em que dizia que as mulheres tinham tendência, de forma inconsciente, para escolher parceiros que fossem idênticos ao seu pai. Na altura achei aquilo um pouco estranho, a roçar o nojento. Uma espécie de incesto inconsciente. Ok, uma coisa é admirar o pai (como é o meu caso) e apreciar certas qualidades suas, outra coisa é andar à procura de um namorado e possivelmente marido com quem partilhar a vida em todos os sentidos que me fizesse lembrar o meu pai. Não, fora de questão, demasiado perverso para mim, disse eu para mim na altura.

Ironia das ironias: foi isso mesmo o que acabou por acontecer. Não sei se procurei, não sei se foi por acaso, não sei se foi por ter desafiado todas as leis universais cósmicas ao negar tal estudo. Só sei que o Gambuzino e o meu pai são tão parecidos em tanta coisa que me leva dizer repetidamente "Oh meu Deus (ou whatever), eu casei com o meu pai!" São do mesmo signo (não que para mim seja algo relevante, uma vez que eu não acredito nestas coisas), têm ideais muito parecidos, um humor praticamente igual, e são incrivelmente faladores quando conhecem as pessoas mas muito tímidos quando não conhecem ninguém. Super carinhosos e extremamente beijoqueiros.

Mas aquilo que eu acho mais graça, é quando eles perguntam às suas respectivas, ou seja, o meu pai à minha mãe e o Gambuzino a mim, com olhos de Gato das Botas e exactamente com o mesmo tom de voz: "Ainda gostas de mim? / Gostas de mim, não gostas?"


23 comentários:

  1. O meu A. é o oposto do meu pai, eu sou contra esse estudo =)

    ResponderEliminar
  2. Pois. Já li, e por motivos pessoais não posso ser mais discordante.

    ResponderEliminar
  3. ahhh que engraçado, nunca tinha lido tal coisa. ehehe
    Curioso ou não, o meu pai e o meu namorado são basicamente o oposto um do outro!

    ResponderEliminar
  4. Tive a mesma reacção que tu quando li o mesmo artigo e hoje como tudo o que disse. Eu já digo que o Tsuripo é um upgrade do meu pai. Damn, e quando estão os dois juntos naqueles programas de homem? Até me sento a assistir ahahaha
    beijinho

    ResponderEliminar
  5. Também já sabia dessa história e sinceramente o meu namorado às vezes faz-me lembrar o meu pai (com quem não falo) e só me apetece fugir.
    Deus me livre eu andar à procura disso ou querer que ele agora fico assim.
    Era fim do namoro na certa.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  6. Decididamente, então tenho que arranjar um GATO como o meu pai, porque os defuntos eram o oposto e as coisas não correram bem (então com o ex correram muito mal!)

    ResponderEliminar
  7. agora que falas nisto também acabei por escolher um espécimen que após três anos de convivência revela parecenças com o meu progenitor. :)

    beijinho*

    ResponderEliminar
  8. O meu namorado por acaso não é nada parecido com o meu pai... Vá, têm uma coisa em comum, mas de resto não :)

    ResponderEliminar
  9. No meu caso esse artigo não poderia estar mais errado, o meu marido e o meu pai são duas pessoas completamente diferentes. Felizmente para mim. :)

    bjs

    ResponderEliminar
  10. Vou ter de começar a ficar atenta aos sinais! x)

    ResponderEliminar
  11. Ahahah sendo assim eu escolhi exatamente o oposto do meu pai. É que o meu namorado não tem semelhança nenhuma com o meu pai, e ainda bem :D

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Já tinha ouvido falar dessa teoria, no entanto, em relação a mim nunca parei para pensar nisso...

    ResponderEliminar
  13. Ahahah.Tb já li essa teoria...bem o meu babe tb tem um raciocinio mto parecido com o meu pai, lógico...demais até!

    ResponderEliminar
  14. Tal e qual como eu!! E ainda por cima os homens da tua vida parecem ser parecidíssimos (no geral, claro) com os da minha!! :D

    ResponderEliminar
  15. Fashionista: :))

    Jovem $0nhador@: o meu gambuzino e o meu pai são tão parecidos que às vezes até assusta ahahahah

    A Bomboca Mais Gostosa: no meu caso até bate bem... mas compreendo-te*

    Frutinha: eheheh

    Tsuri: LOL yaaaaa, também eu ahahah :D

    Cláudia: lol vá, calma, calma :) *

    GATA: Pronto, já sabes o que fazer :P

    pastora: eheheh por aqui, muito verdadinha :P

    doroteia: eheheh pelos vistos, o estudo acerta para algumas pessoas :P

    Patrícia: mas já têm qualquer coisa em comum :P

    Maria: eheheh se é felizmente, ainda bem :)

    Sónia: ahahah atentai aos sinais!

    Dia - a - Dia: eheheh muito fofos!

    Pi Maria: :D

    Supersónica: eu nunca parei para pensar porque, verdade seja dita, é algo evidente por demais ahahahah

    Guinhas: eheheheh :P

    Palco do tempo: :P

    menina lamparina: eheheheh são uns fofos :P

    ResponderEliminar
  16. Eu também acho o meu namorado parecido ao meu pai em certos aspectos... gostam de contrariar e não gostam de arroz! Haha :D
    Um beijo.

    ResponderEliminar
  17. E dizem que os homens fazem o mesmo em relação às namoradas, e no meu caso... somos as duas bem parecidas ;) enfim, os estudos lá acabam por ter alguma razão. Adorei a pergunta que o teu pai e namorado fazem, tão fofinhos :)

    ResponderEliminar
  18. Ooooohh, que fofinhos.... :) Eu acho que essa teoria é verdade. Estou no meio de uma história meio complicada neste momento, mas o rapaz em questão tem o humor do meu pai e certos hábitos do dia a dia idênticos... haha, é curioso até :)

    ResponderEliminar

Gambuzinem