domingo, fevereiro 10, 2013

25 Dias, 25 Músicas // Dia 13

Uma música que me lembra um antigo amigo

Ben Harper - Burn one down
Fomos amigas durante 17 anos. Ditou o destino que ela se tornasse na sua mãe, apesar de tanto a criticar, e desenvolvesse grandes complexos de superioridade, humilhando e magoando certas pessoas à sua volta - eu incluída, apesar do meu estatuto de "melhor amiga". Como eu entendo que não sou saco de pancada, assim como entendo que numa amizade o objectivo não é rebaixar e magoar o/a outro/a de forma totalmente gratuita, decidi pôr um ponto final nesta relação. Se me custou? Sim, muito. Mas com alguns anos de distância, tenho uma visão cada vez mais nítida de como foi o melhor que poderia ter feito: uma amiga verdadeira não teria feito o que ela fez.

Mas nem tudo foi mau, como é óbvio. Um grande momento foi quando fomos ver juntas o concerto do Ben Harper, ao Pavilhão Atlântico. Grande senhor. Grande show!


18 comentários:

  1. Sei bem como custa por o ponto final numa amizade de tanto tempo. Custa muito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Custa mesmo muito. Mas por vezes, é o melhor a fazer...

      Eliminar
  2. Realmente há pessoas que não merecem a nossa dedicação. No fim restam os bons momentos:)

    Beijos

    ResponderEliminar
  3. O tempo, a vida e o distanciamento permitem-nos concluir algumas coisas... Já senti o mesmo que tu e doeu muito. Doeu mais que muito, matou alguma coisa em mim que não voltará mais. Hoje podem magoar-me, mas nunca mais poderá doer como da primeira vez, como com aquela amiga. Se a queria de volta? Não. A vida provou-me que sou muito melhor sem ela! ;) Beijunda!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu digo o mesmo. Não a queria de volta, estou melhor sem ela! Beijoca***

      Eliminar
  4. Também já perdi amizades e se na altura tive pena hoje em dia vejo que não podia ter feito melhor. E vejo que a proximidade e o carinho que tinha por aquelas pessoas não me deixava ver que elas não eram as pessoas que eu achava.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na altura eu já estava a começar a ficar farta, e até via as coisas como elas eram. Mas um dia, fartei-me mesmo.... e estou bem melhor agora sem ela...

      Eliminar
  5. Já perdi assim, quem me chamava de irmã, comadre (que ainda somos) e melhor amiga. Custou muito, mas eu tenho um limite de dignidade, abaixo do qual não desço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora aí está! Chegou a um ponto em que era eu, e o meu orgulho. E abaixo disso não vou mesmo!

      Eliminar
  6. Custa sempre por um fim em amizades, mais ou menos longas, mais ou menos próximas. Acho que acontece a todos. Ainda bem que há sempre pessoas com quem podemos contar.
    Esse concerto foi um estrondo, também estava por lá! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, hoje sei quem são realmente os meus verdadeiros amigos e posso dizer que são mesmo do best! :D
      O concerto foi maravilhoso, adorei! :D

      Eliminar
  7. Quem não perdeu amizades que julgava para a vida?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, provavelmente quase toda a gente. Mas não é por isso que deixa de custar.

      Eliminar
  8. Isso já me aconteceu!! E custou muito mas com o tempo apercebi-me que foi o melhor que fiz! Acho que terminar uma amizade é pior do que terminar uma relação...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Terminar esta amizade foi horrível. Chorei muito. Mas também não vacilei nem pus em causa a minha dignidade. Foi o melhor que podia ter feito :)

      Eliminar
  9. Gosto da música...também já perdi grandes amigas e sei do que falas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sempre complicado, mas como se costuma dizer, há males que vêm por bem. E este, foi um desses casos :)

      Eliminar

Gambuzinem