quinta-feira, março 14, 2013

Liebster award

A Maria, do ELEMENTAR meu caro..., e Cynthia, do Bitaites da Cy, premiaram-me com um Liebster Award. Muito, muito obrigada :D








As regras são:
1. Postar 11 coisas sobre mim; 
2. Responder às 11 perguntas que nos foram atribuídas; 
3. Nomear 11 blogs com 200 ou menos seguidores, colocar o link do blog e avisar sobre o prémio; 
4. Fazer novas 11 perguntas aos blogs nomeadas;

11 Coisas sobre mim
1 - Para além de ser gulosa, também gosto de coisas ácidas como saladas bem envinagradas e de coisas à base de (muito) limão.
2 - Não gosto de menta, de manga, azeitonas pretas nem de sardinhas.
3 - Devido a um susto que apanhei há uns anos atrás, estive dois anos sem conduzir. Mas por força do destino, tive de voltar a pegar no carro e hoje em dia até digo que tenho prazer em conduzir. 
4 - Tenho reflexos rápidos.
5 - Ao computador, escrevo rápido e sem olhar para o teclado.
6 - Nunca parti nenhum osso. No dia em que isso acontecer, acho que devo ficar logo toda partidinha da cabeça aos pés...
7 - ... Mas há uns anos fui contra uma parede (às escuras) no preciso momento em que abria a boca para bocejar.  Dente da frente partido com o nervo exposto. 
8 - Há 3 anos e meio/ quatro que não como carne, só peixe. Mas gostava de me tornar realmente vegetariana e deixasse de comer até peixe - só comendo derivados animais. Mas por motivos logísticos, ainda não me foi possível.
9 - Gosto de caveiras mexicanas.
10- Espero fazer a segunda tatuagem dentro de pouco tempo. E sei exactamente o que vai ser.
11- Sou um pouco obsessiva com certas coisas. Quando ponho algo na cabeça, faço de tudo até atingir os meus objectivos.

As 11 Perguntas da Maria
1- Com sinceridade, o que acham da nossa posição política actual? 
Falando curto e grosso: uma merda. Cada vez tenho menos esperança na política e nos políticos, por vários motivos: porque os seus interesses pessoais sobrepõem-se sempre aos interesses nacionais; porque não consigo deixar de sentir revolta com os políticos que deixaram o país em pantanas, que não passaram e não passam de uns corruptos e com aqueles que só têm mão forte para os mais pequenos e mais fracos; porque só tem aparecido à frente gente incompetente; porque não temos uma justiça que faça frente aos grandes casos de corrupção e prenda os culpados por o país ter chegado a este ponto, mas que sabe perder tempo para julgar e prender um mendigo por roubar uma lata de feijões; porque, à conta dos nossos políticos que não sabem defender os interesses nacionais, Portugal deixou de ser Portugal para se tornar numa colónia da União Europeia.

2- Acham que faziam melhor, ou sabem se alguém faria melhor?
Não sei se faria melhor, até porque não tenho conhecimentos económicos necessários para endireitar um país. A grande diferença é que tenho a noção disto, ao contrário de muitos arrogantes que só vão para a política para ter um futuro garantido, independentemente do mal que possam vir a fazer. E, sinceramente, tenho cada vez menos esperanças que haja alguém suficientemente altruísta capaz disso. 

3- Qual foi a disciplina de que mais gostaram de estudar na vossa vida?
Geometria Descritiva, sem pensar duas vezes. 

4- Um sonho dos simples, qual?
Que os sacrifícios hoje tomados, dêem frutos no futuro.

5- O que vos faz escrever?
Tudo e nada.

6- Acham que o Carlos Cruz é culpado na questão da Casa Pia?
Cheira-me que deve ter alguma culpa no cartório... agora, o quê em específico, não sei.

7- São a favor da pena de morte?
Não, por dois motivos. Se por um lado acho que há pessoas que até mereciam um castigo como a morte - como por exemplo, o caso do terrorista na Noruega - por outro lado acho que acaba por não ser um castigo suficiente. Este tipo de pessoas sabe para o que vai e morrer, para eles, acaba por ser apenas um efeito colateral. Trabalhos forçados, e uma vida miserável para essa gentinha, para mim é o que mereciam. Por outro lado, já não é a primeira vez que há provas irrefutáveis de uma pessoa é culpada de certo crime, acaba por ser morta e depois descobrem que afinal estava inocente. Fica sempre a dúvida se a pessoa era realmente culpada ou não.

8-  São a favor dos casamentos homossexuais?
Sou. Sou a favor de pessoas que querem ser felizes. Porque é que eu haveria de ter mais direitos só por ser heterossexual? Se vamos pelo lado religioso, a verdade é que a Igreja Católica, inicialmente, até era contra qualquer casamento. Mas vendo que as pessoas continuavam a casar-se, decidiu modificar a estratégia e tornar o casamento como algo aceitável, mas a penas dentro de certas condições. Se vamos pelo lado da natureza: bem sabemos que os animais (irracionais) não ligam nada a essas coisas.

9- Porque é que gostam/ou não gostam, da Margarida R. Pinto?
Eu não a conheço pessoalmente, mas confesso que sempre que a oiço, fico com uma leve urticária. Demasiado dondoca, demasiado "sou melhor que todos". E para alguém com tanta mania, não acho que seja uma escritora tão boa quanto isso. 

10- O que detestam ter que fazer? 
Passar a ferro. Odeio.

11- Acreditam que um dia as religiões (todas), vão desaparecer e que o mundo vai ser científico?
Não, porque as pessoas têm a necessidade de acreditar em algo superior, até como forma de conforto. Eu, que não sou religiosa, sou agnóstica, não vou à igreja e sempre tive muitas dúvidas em relação à bíblia por achar haver demasiadas contradições, sou uma pessoa mais analítica mas que em certas alturas da minha vida já me questionei se não seria mais fácil se eu acreditasse sem qualquer dúvida em algo superior. E sei que sim, que seria. Pessoas com fé têm uma força inexplicável. E isso é muito difícil de ser erradicado por completo.

As 11 perguntas da Cynthia
1. Que peça de roupa nunca usarias?
É mais uma peça de calçado: aquelas botas Jeffrey Campbell. Acho-as do mais horrível e piroso que pode existir.


2. Verão ou Inverno?
Verão, definitivamente!

3. Qual é o programa de televisão que vês mais?
Actualmente nem tenho visto muita televisão, mas gosto de algumas séries e de alguns documentários do National Geographic como os das prisões, dos apanhados no estrangeiro e de astronomia. 

4. És alérgica a alguma coisa?
Sou: a pó, pêlos, ácaros, essas coisas todas. E a morangos, snif!

5. Qual é a cor das paredes da tua casa?
Depende das divisões. A cozinha é branca, os corredores são bege, a sala é bege com uma parede laranja, o quarto é branco com uma parede verde seco claro, e o escritório é branco com uma parede em amarelo pastel.

6. O que esperavas do blog quando o criaste?
Sinceramente, nem sei bem.

7. Gostas de desporto?
Tirando um ou outro desporto, nem por isso.

8. Gostas do Carnaval?
Não me aquece nem arrefece.

9. Vinho ou cerveja?
Hummmm... se for do bom, bom, bom, vinho. Mas no Verão às vezes sabe bem uma cervejinha fresquinha!

10. O que é que mudavas na tua personalidade?
Talvez mudasse o facto de levar tudo tão a peito. Tirando isso, acho que não mudava grande coisa.

11. Acreditas em Deus?
Sou agnóstica. 

Nomear 11 Blogs
Quem quiser, esteja à vontade para levar :)

4 comentários:

  1. Querida Karina, que saudades que eu já tinha das tuas respostas bem humoradas e directas!
    Ainda bem que passei hoje por cá!
    Essa de escrever no computador sem olhar para as teclas, é obra! ;)
    Beijos grandes e saudades.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada querida Turista! :D
      Isto de começar a escrever sem olhar para o teclado começou tinha eu uns 14 anos, que via o meu irmão a fazer isso e eu comecei a praticar. Passado pouco tempo já não olhava para o teclado, é só uma questão de prática :)
      Beijo grande e aparece sempre! :D ***

      Eliminar
  2. Tb escrevo sem olhar, faz muita confusão ao meu pai :) gostei de saber mais sobre quem está desse lado e achei as tuas opiniões, relativamente às perguntas da Maria, muito interessantes! Vejo q dizes o q pensas... Gosto disso ;) beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheh sim, há pessoas que ficam espantadas por eu não olhar para o teclado e escrever à velocidade que escrevo. Mas é só uma questão de prática :)
      Sobre dizer o que penso: já me disseram que eu não sabia ser politicamente correcta ahahah mas pronto, também tenho atenção como digo as coisas, mas sim, digo o que penso :)
      Beijo grande!*

      Eliminar

Gambuzinem