segunda-feira, março 25, 2013

O fim-de-semana: sábado e domingo

Sábado

Lanternas de Papel
Sábado à noite fui para a praia de Carcavelos ver a largada de lanternas de papel (biodegradável), uma tradição asiática que alguém decidiu organizar cá para aproveitar a hora do planeta. Eu e a C. chegámos um pouco antes da hora marcada e telefono à P. para saber onde ela andava. Responde-me que estava a caminho da praia da Torre, ou seja, para a praia ao lado, porque a organização tinha decidido mudar de local. Lá chegadas, não vemos ninguém da organização. Grande parte das pessoas também decide ir embora. Passam as oito da noite, oito e um quarto, oito e meia e nada. Entretanto começamos a ouvir uns murmurinhos que a organização tinha decidido cancelar. Então está bem, muito obrigada por (não) terem avisado.




Um caso real
Domingo à tarde fui ver Um caso real, um filme dinamarquês que conta a história verídica sobre Caroline, uma inglesa que no final do século XVIII casa-se com o Rei Christian VII da Dinamarca, ainda antes de se conhecerem. O Rei, que não percebia nada de política e como governar um país, apenas apresenta-se às reuniões de concelho para assinar novas leis, decididas pelos ministros, e só quer saber de teatro, farras e prostitutas. A Rainha Caroline, uma interessada no Iluminismo, censurado na altura na Dinamarca, encontra-se cada vez mais solitária. Entretanto, chega à corte um médico alemão, também ele um Iluminista, que se torna numa grande influência para o Rei - os dois juntos estabelecem uma data de reformas totalmente revolucionárias e progressistas na Dinamarca - e que se envolve com a Rainha. 
É um filme maravilhoso, que só demonstra que a história política sempre foi igual: vivemos à mercê de um grupo de pessoas mais poderosas que põe os seus interesses pessoais à frente de tudo o resto. Aconselho vivamente. 


9 comentários:

  1. Salva-se o Domingo :P Que azar que tiveste, ehehe :P E pode-se saber porque é que só vens a Portugal quando eu não estou em Lisboa?? :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahah para a próxima eu marco a viagem só depois de saber se estás em Lisboa! :D

      Eliminar
  2. babe a organização estava na praia:-) Eu estive lá também, eram várias pessoas da organização espalhadas tinham uma especie de estrela colada no peito que brilhava. Eles tentaram até à ultima que o evento acontecesse mas como estava muito vento a capitania não deixou porque havia o perigo de incendios e para além disso com o vento que estava mal abrisses a lanterna aquilo rasgava logo. Eu consegui apanhar uma miuda da organização que nos informou disto e que vão esperar o tempo melhorar para voltar a tentar, mas claro era muita gente possivelmente não conseguiram avisar toda agente e foi um bocado passa a palavra:-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, nós não vimos ninguémzinho. Entretanto, houve uma senhora que tinha ouvido alguém a dizer que tinha ouvido (lol) que tinham cancelado. Nós pensámos que fosse realmente por causa do vento (e que grizo que estava brrrrrrr), mas a organização podia ter levado uns megaphones ou qualquer coisa do género para estas eventualidades. Nós ainda tentámos acender o nosso, mas decidimos não largar exactamente por causa do vento. Uma pena, havia de ser bonito*

      Eliminar
  3. Não nos cruzámos por pouco, na praia da Torre. cheguei perto das 20:30 e achei estranho estar toda a gente a ir embora... depois perguntámos e não tinham feito nada devido á chuva e vento. Ainda fomos passear um bocadinho junto á água (brrr) e realmente havia lá um brupo a tentar acender uma lanterna (serias tu?)!

    ResponderEliminar
  4. A sério que cancelaram?
    Que seca... Tinha ouvido falar e achei uma ideia óptima! Foi pena...
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  5. O filme parece-me uma óptima sugestão :) Gosto de filmes de reis e princesas, e da Dinamarca acho que nunca vi nenhum!

    ResponderEliminar

Gambuzinem