segunda-feira, março 25, 2013

O fim-de-semana: sexta-feira

Sexta-feira

O Jantar
Durante a semana, eu, a C. e a P. combinámos ir as três na sexta-feira à noite à Festa do Cinema Italiano, no São Jorge. O filme escolhido, Tulpa, um filme de terror.
Para entrar no espírito, decidimos jantar primeiro num restaurante italiano. Após alguma pesquisa, deliberámos o restaurante Valentino, nos Restauradores. Nunca lá tínhamos ido, mas ficava perto do cinema e tinha bom aspecto.

Má ideia.

Sentadas na mesa número treze, fomos atendidas por uma rapariga, a única entre vários homens a trabalhar neste restaurante. Pepsis e um Iced Tea Limão para bebidas. Decidimos saltar as entradas e ir directamente para as pizzas. Perguntámos se era possível trocar algum ingrediente por outro, no meu caso, o fiambre por cebola.  Responde que sim, não há problema. Sendo assim, para mim uma Pizza Hawaii, com cebola em vez de fiambre.

Já tinha a empregada saído com os nossos pedidos e com os nossos pratos das entradas, quando nos aparece à frente um prato com bruschettas. Dizemos que não tínhamos pedido aquilo, e ela ainda nos contradiz mas ao expormos o facto de já nem termos os pratinhos, lá nos deu razão. De seguida, aparecem duas das pizzas, e engana-se ao pôr na mesa. Mas tudo bem. Entretanto aparece a minha, com salame, cogumelos e cebola. Não, aquela não tinha sido a que eu tinha pedido. Voltamos a chamar a menina, que volta a pôr em dúvida aquilo que eu tinha dito.
"Mas a pizza hawaii tem ananás e esta nem ananás tem...".
Ok, vai para trás. Dez minutos depois, apesar de me ter dito que demorava dois minutos aparece a minha pizza. Queijo. Tomate. Cebola. Ananás. Fiambre.

Volto a chamar a menina para dizer que a pizza tinha fiambre quando eu tinha pedido para não porem fiambre. "Mas a pizza não tem fiambre", responde-me. E eu, já a perder a paciência, agarro num bocado de fiambre com o garfo e pergunto o que era aquilo.

A pizza volta para trás e eu só peço que à terceira seja de vez. Vá, foi. E até foram rápidos, passados dois minutos tinha a pizza na mesa. Com a massa meio crua, mas pelo menos já podia comer.

Comemos, pedimos a conta, pagamos e a P. repara que recebe 40 cêntimos de troco a mais. Como pessoa honesta que é, decide não ficar com os 40 cêntimos mas para não pensarem que aquilo seria gorjeta, achámos melhor avisar à menina. Mas cadê menina? Eu pego nos tais 40 cêntimos e no recibo e vou até à caixa onde estava um rapaz do restaurante e explico que tinham dado troco a mais. Ele olha para mim, pergunta em que mesa estava e diz-nos que tínhamos de ser nós a falar com a colega.

Ora bem, depois disto tudo, não era eu de certeza que iria atrás de alguém quando, ainda por cima, o engano tinha sido dessa pessoa. Já completamente irritada, olho para ele e respondo: "Olhe, eu vou deixar o recibo e o dinheiro em cima do balcão!", e fui-me embora, irritada e a pensar que eu devia era ter pedido o livro de reclamações.

E foi assim a primeira e última vez no restaurante Valentino.

O filme
Saímos do restaurante e vamos directas para o São Jorge ver Tulpa. Eu, que sou apreciadora de filmes de terror, não estava à espera de algo tão pesado. A história resume-se a uma mulher de negócios de sucesso que, sem tempo para nada a não ser o seu trabalho, tem encontros sexuais num club privado. Entretanto, as pessoas com quem já esteve nesses encontros começam a aparecer mortas, de formas extremamente macabras. Essas cenas são tão violentas e tão gráficas que meu deram voltas ao estômago. Por momentos, ainda pensei que a minha pizza vinha parar cá fora. Para piorar, o filme é incrivelmente estapafúrdio, estranho, e mal contado. Chega-se ao fim sem perceber uma data de coisas, de porquês e de mas como?. Um grandessíssimo not!


25 comentários:

  1. que experiência...estavam todas num dia não, definitivamente -.-'

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer, parecia que nada estava a correr bem. Mas no final, até acabámos por nos rir um pouco com tudo :P

      Eliminar
  2. Foi uma noite engraçada ahaha
    Filmes de terror não são mesmo a minha onda!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu até gosto, mas gosto mais quando é terror psicológico. Este era demasiado físico para o meu gosto *

      Eliminar
  3. Eu já gostei de filmes de terror. Agora dispenso. Mas gosto de um serão com amigas!

    ResponderEliminar
  4. :/ Tiveset mesmo azar porque no do parque das nações o atendimento até é bom...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acredito que sim, e até acredito que o atendimento por outras pessoas no mesmo restaurante seja melhor... mas que fomos mal atendidas, fomos ***

      Eliminar
  5. Filmes de terror não são a minha onda (eu sei que não é terror, mas já me bastou o Aliens e os sustos que apanhei!). Ainda bem que avisaste em relação ao restaurante... para mim o que me leva a voltar, além da comida é o atendomento e sse não me parece! Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, o atendimento é muito importante para mim também. A comida pode ser óptima, mas se não sou bem atendida é um grande turn off! ***

      Eliminar
  6. credo, tiveste cá uma sorte :S mas ao menos serviu a companhia xD

    ResponderEliminar
  7. Curiosamente, estreie-me no restaurante Valentino, nos restauradores este fim de semana e precisamente com um pizza Hawai que comi sem problemas...e tinha ananás.. Foi provavelmente azar, ou então , fui eu que tive sorte!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A primeira pizza que apareceu nem era a Hawai, era igual à que as minhas amigas tinham pedido. A segunda era Hawai só que tinha fiambre, que eu tinha pedido para tirar... azario! :P

      Eliminar
  8. Estou a ver que essa sexta-feira não correu lá muito bem. Ao menos estvas em boa companhia. ;)
    Não gosto de filmes de terror, cenas com sangue e partes do corpo aos bocados não são para mim. :(

    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando é terror psicológico, gosto. Gostei muito, por exemplo, do Saw I, que apesar de ter uma cena bem física, era mais psicológico que outra coisa. Já os restantes Saw não gostei porque envolvia demasiada tripa para o meu gosto lol

      Eliminar
  9. Almocei no Valentino umas 3 vezes (já lá não vou à uns 3 / 4 anos) e nunca me aconteceu tal. E até gostei muito.

    Tiveste azar amiga.
    Sempre fui atendida por rapazes (se calhar foi esse o motivo do teu azar!!!)

    Beijinhos****

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu sei que tive azar, mas foi o suficiente para eu não querer lá voltar mais... Bah! Beijoca***

      Eliminar
  10. Respostas
    1. Bem, este filme em si, para além de ser muito físico, estava mal contado. Não gostei. Mas quando é um bom filme de terror, gosto :)

      Eliminar
  11. Possa que noite, eu adoro pizza mas acho que fugia desse restaurante...eu não gosto nada desse tipo de filmes!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LOL pois, como já disse, eu sei que muito provavelmente tive azar com o atendimento, mas nunca mais ponho lá os pés :P

      Eliminar
  12. Que grande aventura com no restaurante!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer! E eu com cada vez mais fome e a ver a minha pizza a não chegar ahahahah

      Eliminar
  13. Oh que pena... uma amiga minha fez lá o aniversário dela e foi muito engraçado :) É a prova de como os funcionários podem ser responsáveis pelo opinião dos clientes.
    Antes disso, tinha feito o meu aniversário no Valentino do Parque das Nações e foi ainda melhor!

    ResponderEliminar

Gambuzinem