domingo, março 10, 2013

O meu irmão

O meu irmão é o meu melhor amigo. Sim, ele às vezes consegue ser um pouco chatinho, pica-miolos. E nunca consegue chegar a horas a nada, o que me deixa maluca. Quando está concentrado nalguma coisa, não ouve nada nem ninguém, e quando lhe chega a mostarda ao nariz com alguma coisa é melhor fugirem da sua frente.

Mas o meu irmão é, para além das melhores pessoas que conheço, muito provavelmente o mais inteligente e culto - um autêntico cromo. Ele é genuíno e tem um sentido de humor genial, como quando me telefona de propósito para pregar alguma partida, de um número anónimo e alterando a voz para me enganar ("ahahahah, tens cá uma piada")! Ele é, por todos os motivos e mais algum, uma força da natureza e uma inspiração para mim. Está sempre a trabalhar, tem sempre mil e um projectos em simultâneo em mãos, não deve saber o que é uma noite longa e decente de sono desde 1918, mas mesmo assim tem sempre um sorriso estampado no rosto. Ele é um bacano e é, por natureza, bem disposto. É claro que, porque somos irmãos e isso faz parte, temos as nossas divergências e por vezes temos mesmo as nossas discussões. Mas nunca estamos muito tempo zangados um com o outro. Na, na. Passado pouco tempo lá estamos nós a fazer as pazes, a abraçar-mo-nos e a seguir em frente.

Sei que posso contar com ele para qualquer altura, assim como ele pode contar comigo. Aconteça o que acontecer. O meu irmão é o meu melhor amigo e, apesar de ser mais velho que eu, hoje é bebé.

Parabéns mano! Love you*

11 comentários:

  1. Que homenagem linda!

    Tenho um sentimento muito semelhante com o meu mano.

    O amor fraterno é dos sentimentos mais poderosos.

    Parabéns ao teu irmão :)

    ResponderEliminar
  2. Parabéns para ele =) gostei da dedicatória! Bjinhos ***

    ResponderEliminar
  3. Parabéns ao mano! Dá para perceber que gostas muito dele, tens sorte em ter um irmão assim :)

    ResponderEliminar
  4. Ohh tão fofos!! Sabes que me deixaste toda nhônhô a ler isto? Eu quero ser assim com o meu irmão quando crescermos... quero mesmo! :)

    ResponderEliminar
  5. Descreveste também aquilo que me une ao meu irmão, tal e qual;)
    Muitos parabéns ao teu mano e um beijo grande a ti pela linda dedicatória que lhe fizeste.

    ResponderEliminar
  6. Texto tão lindo! Parabéns ao mano ;)

    ResponderEliminar
  7. Não temos de ser parecidos para gostarmos dos nossos irmãos com um laço inquebrável! Muitos parabéns ao teu mano:)

    Beijinhos e boa segunda!

    ResponderEliminar
  8. Então. parabéns ao teu mano. ;)

    bjs

    ResponderEliminar

Gambuzinem