quarta-feira, março 06, 2013

Os últimos filmes vistos

Lincoln




Sim, é um filme para o paradito. Não tem grandes cenas de acção, tampouco temos grandes cenas de batalhas. Mas a verdade é que é um bom filme, um filme que mostra a garra, a "teimosia", a força de um homem que marcou a história dos Estados Unidos da América. Daniel Day-Lewis está brilhante neste filme (como em qualquer filme em que entre), ao contrário da Sally Field que, para mim, neste filme foi demasiado teatral.


O Impossível




Este filme não é aconselhado a almas mais sensíveis. Este filme é um pontapé nas costas e facada no coração. As imagens do tsunami estão tão poderosas que por breves segundos quase jurei que ia levar com a onda em cima. E toda a parte emocional do filme, desde pessoas desaparecidas, o amontoado de corpos, as pessoas feridas, o caos dos hospitais, a perseverança de várias famílias em encontrar os seus entes queridos... é um filme poderoso.


Hitchcock




Eu, fã de Hitchcock, não podia deixar de ver o filme que conta a história deste homem para conseguir realizar um dos filmes mais marcantes da história do cinema, Psycho. Ainda para mais tendo em conta que seria Anthony Hopkins a fazer de Hitchcock. Não fiquem à espera de um filme emocionante, alucinante, e patati pataté. É, na verdade, um filme parado mas que não deixa de ser interessante por isso. Anthony Hopkins faz um papel fenomenal, contando igualmente com Helen Mirren, Jessica Biel e Scarlet Johansson.


A Good Day to Die Hard




Não gostei. A história é fraca, as piadas não têm tanta piada quanto isso e para quê terem posto uma segunda personagem principal (Jai Courtney) quando temos a personagem original (Bruce Willis) da saga Die Hard? Para mim, estragaram uma das melhores fórmulas do cinema de acção.


Cloud Atlas




Confesso que quando fui ver o filme, ia com expectativas baixas, uma vez que já tinha ouvido e lido algumas críticas negativas. Mas eu gostei, gostei tanto que quero ver uma segunda vez - acho mesmo que este filme deve ser visto pelo menos duas vezes. E, apesar do filme contar com mais de 3 horas, não houve altura nenhuma do mesmo em que me sentisse aborrecida e pensasse "mas quando é que isto acaba?". Sim, é um filme complexo, e que numa perspectiva mais desligada, até nem vemos tantas ligações quanto isso. Mas a verdade é que as histórias presentes neste filme estão todas interligadas, através não só das personagens e de uma marca de nascença comum a todos aqueles, mas por várias situações, por várias símbolos, por coisas que à primeira vista nem parecem ter qualquer importância.
E a caracterização? Fenomenal! Só por isto, quase que vale a pena ver Cloud Atlas.


Give it a Year




Eu gosto muito de comédia britânica. É, por norma, um humor inteligente, não é fácil nem apreciado por todos. Mas eu gosto muito. Por isso, quis muito ir ver este filme.
E a história em si é gira. É diferente. Em muitas partes, não queremos ver o casal principal junto, o que vai muito contra ao que é normal neste tipo de comédias românticas. Mas houve qualquer coisa que falhou. Talvez a realização em si, talvez os actores - Rose Byrne não me convenceu - talvez, talvez, talvez... Não sei, a verdade é que não fiquei totalmente convencida.

20 comentários:

  1. Eu desses já vi o Impossível e o Cloud atlas.
    Este último entrou directamente para o meu top 10. E sim, acho mesmo que tem de ser visto duas vezes.
    Achei o filme incrível, com uma densidade brutal.

    ResponderEliminar
  2. Queria muito ver o do Lincoln, mas ainda não consegui :)

    http://semjeitonenhum.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A primeira parte do filme é um pouco secante, mas depois torna-se mais interessante. Vale a pena :)

      Eliminar
  3. Só vi o Impossivel e gostei. Tenho que ver os restantes :)

    Bjokas.

    ResponderEliminar
  4. Fui a única que não chorou com o impossível? lol

    E o Coud Atlas achei um bocado chato. é demasiado longo =S

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu, chorar chorar, não chorei, mas fiquei com a lágrima ao canto do olho. O cloud atlas é longo, mas não achei nada aborrecido :P

      Eliminar
  5. Karina, acho que o teu blog tem alguma coisa contra mim :P Já é a terceira vez que tento comentar e o maroto não me deixa!

    Queria dizer que o Impossível, para mim, foi um dos melhores filmes que já vi! A realidade das imagens, o sofrimento das personagens...é incrível, mesmo!

    Adorei :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ohhhh, vou ralhar com o blog! :P
      Sim, o Impossível é um filme incrível, achei-o brutal!

      Eliminar
  6. Eu gostei do LINCOLN por causa do DANIEL DAY-LEWIS. Ponto final.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LOL sim, foi o mais interessante. Mas não desgostei do filme :)

      Eliminar
  7. r. o meu ordenado não é mau, nem tenho queixa...mas está tudo tão caro que ele acaba por se tornar pequeno!!! Mas lá está...se diminui-se IVA's e impostos e blá blá blá toda a gente lucrava: vendia-se mais, logo produzia-se mais, logo havia mais empregos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, eu concordo contigo... mas e eles entenderem isso?

      Eliminar
  8. r: the town?! nunca vi...mas se dizes que é bom tenho que ver :)

    ResponderEliminar

Gambuzinem