sexta-feira, abril 19, 2013

A solução para os nossos idosos

Entre todas as medidas que este governo actual tem tomado, uma das que me mete mais asco é andarem a taxar as reformas. Descontar dos descontos de pessoas que trabalharam uma vida inteira para chegarem a esta fase e não andarem (supostamente) preocupados. Acabarem com as reformas múltiplas vitalícias e milionárias, está lá quieto. Vamos mas é roubar o velho que não tem grande margem nem poder de defesa.

Pondo isto, penso que uma solução para esta situação era fazer uma troca. Pôr os reformados - principalmente aqueles que vivem em lares e que toda a sua reforma vai para o pagamento do lar - em prisões e os criminosos que estejam nas prisões a cumprir pena nos lares. Isto pode parecer uma coisa radical e até cruel, mas até que não é. Vejamos: criminosos de Portugal que estejam efectivamente nas prisões a passar férias têm cama, roupa lavada e comida de borla (tudo pago pelo contribuinte honesto que trabalha e paga impostos todos os meses), não têm que se preocupar com impostos, taxas, nem nada que se pareça, não precisam de fazer o irs e ainda têm direito a horas de recreio com os seus colegas criminosos e a visitas semanais de amigos e família.

Assim sendo, acho que podíamos pôr os nossos queridos velhotes nas prisões e poupá-los de todas as preocupações. Para além de passarem a ter todas as regalias dos criminosos portugueses, ainda podiam conviver uns com os outros acabando, desta forma, com a solidão com que muitos deles sobrevivem.

Do outro lado da medalha, os criminosos íam para lares específicos e eram obrigados a desenmerdarem-se com parcas reformas. A alimentação era paga dos seus bolsos, assim como a roupa e tudo o resto, incluindo os serviços do lar.

Muito mais justo!

(P.S. a ideia não foi minha, em conversa com uma amiga ela falou-me disto e eu achei interessante desenvolver aqui)

14 comentários:

  1. Olha, não era má ideia! Quando sabemos que os criminosos têm tratamento VIP, e as pessoas honestas são roubadas à força toda, era uma óptima solução. Gosto das tuas ideias :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, é triste mas é verdade: os criminosos levam com tratamento vip, os outros que se lixem... :/

      Eliminar
  2. Não se pode ser jovem, não se pode ter meia idade e não se pode ser velho. Aquilo do "Este país não é para velhos" não se aplica a Portugal, aqui o mote é "Este país não é para ninguém".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer, também já disse isso umas quantas vezes :/

      Eliminar
  3. Não podia concordar mais contigo, boa reflexão...

    ResponderEliminar
  4. Já tinha visto a dizerem isso no facebook e é bem verdade.
    Isto anda tudo trocado e ninguém faz nada para as coisas mudarem...

    Bem mas daqui a uns tempos estão lá outros a fazer o mesmo.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  5. Acho que tens toda a razão.
    E é uma boa ideia.

    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho tão estúpido andarem a tirar das reformas, muitos deles com reformas tão pequenas :(

      Eliminar
  6. Um tanto ou quanto radical (mas com um fundamento justificado). Eu percebo a prespectiva. Essa é uma das muitas questões. Eu sei que o Estado Social é caro mas caramba e que a população está envelhecida mas... tende a piorar e não vejo ninguém a pensar no futuro. Incentivos fortes à natalidade? Zero. Zero. Zero. E isso preocupa-me mesmo muito. Acho que a meu tempo, nem reforma terei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, mas há sempre dinheiro para os políticos, isso é que é a verdade!

      Eliminar
  7. Olha que não é nada má ideia, injustiças de merda.

    ResponderEliminar

Gambuzinem