sexta-feira, junho 07, 2013

O susto da minha vida!

Vai uma pessoa à casa-de-banho, descansada da vida, puxa as cuecas para baixo, senta-se na sanita, quando - sorte das sortes, não ter começado a fazer nada antes - puxa um pouco de papel higiénico do rolo e vê a sair daqui de trás um aranha enorme!

E sabem lá vocês o pânico que eu tenho de aranhas! O susto foi tão grande que para além do berro à la Cristina Ferreira, dei um pulo quase até a outra ponta da casa-de-banho - que só por acaso é minúscula, mas isso são pormenores. E fiquei a olhar para a bicha de 7 metros de comprimento (ou ainda mais!), estagnada mesmo ao lado do rolo de papel.

O horror, o pânico e o drama! O que é que eu faço, o que é que faço, o que é que eu faço? Nisto, quando apercebo-me que ainda nem tinha puxado as cuecas para cima, puxo-as numa velocidade supersónica antes que o pequeno monstro ainda saltasse para cima de mim. O que é que eu faço???

Ora, apesar de ter um pânico irracional de aranhas (talvez ter visto o Aracnofobia uma meia dúzia de vezes não tenha ajudado), não gosto de as matar. "Vou buscar a pá e a vassourinha e empurra-a lá para dentro e atiro-a para fora da janela!". Saio da casa-de-banho sempre com vista nela e demoro 5 segundos entre entrar na despensa, agarrar na pá e na vassourinha e voltar a entrar na casa-de-banho. Quando olho para a parede, ela já lá não está! Olho para todo o lado, e nada de aranha! Cadê a aranha?!!!!

Portanto, resumindo, estou aqui numa aflição das aflições para fazer xixi mas sei lá onde poderá ela estar. Pode muito bem estar embrulhada no papel higiénico. Ou no tecto e cair na minha cabeça. Ou... nas paredes da sanita!

Acho que vou pedir para ir à casa-de-banho da vizinha!


39 comentários:

  1. Eu sou assim mas com as osgas.
    Odeio osgas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é que seja grande fã de osgas, mas não tenho pânico delas lol

      Eliminar
  2. Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh, que horror!!!!! Faz xixi para uma garrafa ou assim! E tranca a porta! E mete coisas debaixo para ela não sair!!! Ughhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh, odeioooo!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. LOLOLOLOLOL agora sempre que vou à casa-de-banho, fico a olhar para todo o lado a ver se não aparecem mais... grrrrrr!

      Eliminar
  3. eheh imagino o teu pânico, também não gosto nada delas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que só sinto este pânico com aranhas e abelhas... é horrível!

      Eliminar
  4. deixa lá...uma vez estava quase quase a fazer um xixizinho e o moçoilo na casa de banho aponta para a parede que está mesmo encostada à sanita e diz "mor, olha uma aranha"...a única coisa que faço? Levantar-me a mil velocidades, puxar as cuecas para cima, dar um berro e a tentar fugir...quando ele me diz "oh amor, estava a brincar, não tem nada..." sim, porque eu nem para a parede olhei... -.-'

    ResponderEliminar
  5. Aaaaarrrgggghhhhhhhhhhhhhhhh!!! Também tenho pavor de aranhas e também sou incapaz de as matar. Mas eu quando vejo uma fico petrificada, fico tipo estátua de gelo a olhar fixamente para a bicharoca sem emitir qualquer tipo de som, mantenho o contacto visual com o animal para não a perder de vista e fico à espera que apareça alguém para a tirar dali. E claro, quem me for salvar está proibido de matar o animal, é o meu lado boudhista ;)
    Há uns anos atrás, quando ainda vivia em casa dos pais, convivi com uma aranha enorme e peluda durante cerca de um ano (não sei quanto tempo vive uma aranha, mas aquela era imortal, tenho a certeza), porque aparecia e desaparecia assim do nada e não era capaz de a pôr na rua. Dormia de luz acesa com medo que ela me viesse devorar durante o meu sono. Bem, foi uma cena assim parecida com a tua ;)
    Cuidado com a sacana, não vá ter-se escondido no rolo do papel :S
    Olha, e não estará emaranhada no teu cabelo ?? ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fartei-me de sacudir o cabelo, porque pensei nisso... acho que até sentia a bicha a andar na cabeça LOL mas não, estava atrás do móvel... acabei por a matar mas foi porque ela apareceu de repente e foi reflexo meu. Assustei-me e com a vassoura... mas não gostei. No dia seguinte, estávamos na sala com a janela um pouco aberta e mesmo à frente da janela temos um pequeno jardim - penso que seja daí que elas apareçam. Quando olho para a cortina, lá estava uma pequena aranha. O que vale é que o gambuzino estava em casa e sacudiu a cortina para fora da janela, para não a matar, que ele já sabe que eu não gosto nada :)

      Eliminar
  6. Ai que medo, aaaaaaaaaaaaahhhhhhh! lol
    Eu fujo sempre a bom fugir, não consigo mesmo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu fujo, grito, pareço uma histérica... mas não consigo controlar!

      Eliminar
  7. Agora arrepiaste-me. Eu teria tido uma reacção semelhante. Só por ser apanhada de surpresa. Mas como não aguento muito tempo sem fazer o meu xixi lá teria que o ir fazer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu só consegui fazer o xixi depois de a apanhar... :P

      Eliminar
  8. Eu também não gosto muito de aranhas... ou melhor, não gosto muito de insectos em geral! :P
    E infelizmente também não sou capaz de matá-los, mas quando tem de ser lá vai um ou dois!
    Espero que o Gambuzino chegue rápido a casa, senão ainda rebentas antes de ir ao wc!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, o Gambuzino não chegou a horas de a apanhar em casa e eu estava mesmo quase a arrebentar lol acabei por a matar porque ela saiu de detrás do armário, eu assustei-me e matei-a, por puro reflexo... :/

      Eliminar
  9. AAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH
    Estou toda arrepiada só de imaginar a cena. Elas normalmente tentam camuflar-se. Tenta procurar nos rodapés (se forem castanhos) ou nas coisas ali próximas que sejam da mesma cor. Ou então em sítios onde dê para esconder.
    Uma vez aconteceu-me ver uma aranha dessas na parede do quarto. Fui buscar a vassoura para a matar e quando volto já lá não está. Procuro por todo o lado e quando dou por ela, a sacana estava meia escondida nos folhos do vestido de uma boneca que eu tenho num suporte na cómoda. Acho que fiquei de todas as cores. Lá consegui apanhá-la, nem sei bem como. No fim espetei a boneca no lavatório da casa de banho e gastei um frasco de álcool em cima dela. Grrrrrrrrrrr

    ResponderEliminar
  10. Meu deus!!! Como eu imagino tudo isso e me arrepio toda! Também não gosto nada de aranhas!! CRE-DO!!!!!
    Nem tenho coragem de as matar!! Esta semana estava eu muito bem no quarto quando aparece la uma pequena/ media a andar. Gritei e tive de chamar o R. para a tirar dali!! Eu fico logo em pânico!!
    Espero que ela já não esteja por aí.
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  11. Karinita sofro de aracnofobia e nao consegui ler tudo, desculpa. Que horror, não conseguia. Fugia e abafava a porta de forma a garantir que ela não fugia para depois alguém a matar, pleeeeaaaassseeee.
    Credo;|

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não faz mal Tsurinha, acredita que eu compreendo-te :D

      Eliminar
  12. Elas desaparecem logo! Ainda há uns dias apareceu uma no meu quarto e também a quis atirar pela janela fora...às tantas já não a via em lado nenhum xD Mas lá acabei por encontrá-la. O que vale é que eu não tenho esse medo xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Opah, eu tenho um pânico irracional... é horrível!

      Eliminar
  13. Oh meu deus o horror!!! :o Como sabes, também tenho pavor a aranhas e por isso percebo o teu medo... Normalmente eu nunca as perco de vista e meto-me aos gritos a chamar pelo meu irmão xD
    Opá mas é horrível, principalmente porque depois toda a gente acha que somos doidas e fartam-se de gozar -.-

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu quero lá saber que achem que somos doidas... se calhar até somos LOL

      Eliminar
  14. Ai c'horror! Eu tenho pavor de aranhas!!! Fico a gritar até alguém as apanhar e tenho de as ver ir pela sanita abaixo, Como não sabem nadar... olha, afogam-se e só assim tenho sossego. Ó rapariga, tu vai fazer xixi à rua...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também faço isso, de gritar até alguém as apanhar... mas eu estava sozinha! Baaaahhh! :P

      Eliminar
  15. Credo!!!! Eu é aranhas e baratas... só de escrever os nomes já me arrepiei... !!! E imaginar que ele poderia aparecer a qq momento... aiiiiii!!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Baratas são nojentas, mas pronto, como não é assim muito habitual vê-las... Mas também tenho pânico com abelhas!

      Eliminar
  16. Oh Meu Deus! :D
    Que medo é esse de aranhas?!!!!
    No meu quarto também anda já a pelo menos 2 semanas uma aranha, enorme, toda preta mas eu não lhe fiz nada. Simplesmente a ignorei.
    Ás vezes vejo-a no tecto, outras vezes na parede.
    Como se diz que não se deve matar aranhas - dá azar - e como aqui por estas bandas anda muito disso deixei-a estar. Neste momento não sei por onde anda. Que seja muito feliz :D

    beijoquinhas ***

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai miga, eu também não sei, mas é um pânico... fico mesmo nervosa e com o coração acelerado! :/
      Beijo grande, saudadinhas*

      Eliminar
  17. Como te compreendo. Tenho pavor a aranhas e cobras, já para nao falar nos estantes repteis manhosos. Era incapaz de ir fazer o belo do xixi sem saber onde andava a sacana.

    [DESABAFOS E COISAS]

    ResponderEliminar
  18. eheheh, eu também tenho pânico de aranhas, uma altura estava descansadinha a tomar um duche na banheira quando reparo que não estava só, saltei logo fora em pânico, e pedi a alguém que viesse exterminar aquele ser ultra perigoso. Escusado será dizer que passei o banho todo a olhar para o lado não estivesse a família da bicha por perto...
    :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, eu agora sempre que vou à casa-de-banho fico a olhar para todo o lado a ver se aparece mais alguma! :P

      Eliminar
  19. Imagino o teu pânico. Eu não tenho medo de aranhas e também não gosto de as matar, fazia o mesmo que tu fizes-te. Mas agora fica a questão no ar, onde será qe a bicha se meteu?!

    bjs

    ResponderEliminar

Gambuzinem