quarta-feira, dezembro 04, 2013

Dúvidas cabeleiras


Quando voltar a Lisboa para passar esta época festiva (já falta pouco senhores, que excitação!), vou aproveitar para fazer uma visitinha à minha cabeleireira de longa data. Quem me conhece, sabe que eu sou a pessoa mais aventureira no que diz respeito a cortes e cores de cabelo. Já tive o cabelo a meio das costas e já o tive curtinho, ao estilo pixie. Já tive cortes mais radicais como um lado muito curtinho e o outro lado mais comprido. Já tive o cabelo laranja, castanho, quase preto, vermelho, e agora ando nos louros (ja ando a dizer que quando tiver mais de 50% de cabelos brancos, vou pintá-lo de louro quase branco, visto que o motivo principal para eu pintar o cabelo é o facto de ter bastantes cabelos brancos). Se há coisa em que não vario muito é na cabeleireira, só se ela estiver de férias ou numa situação muito urgente em que ela não me possa atender. Já tive más experiências com outras e acabo sempre voltar àquela que me corta o cabelo basicamente desde que me lembro. E, como estava eu a dizer, vou lá fazer-lhe uma visitinha para ela dar um corte às pontas que isto já não é penteado que se apresente.
O problema é: quando começo a planear com algum tempo de antecedência estas idas à cabeleireira, tenho tempo para pensar no assunto. Se há uns tempos atrás não me passava pela cabeça cortar mais do que as pontinhas e nada mais, certa amiga entretanto diz-me que com esta cor que eu tenho agora, ficaria-me bem um corte ligeiramente mais curto. Nãoooooo, disse eu veemente ao ouvir tamanho disparate. Mas deixou-me a pensar. Talvez eu pudesse fazer outra vez franja. Ou nivelar o cabelo todo por igual pelos ombros, deixando de estar escadeado. Ou fazer um bob. Um bob era giro, já tive e gostei. Mas queria deixar crescer o cabelo, também gosto tanto de o ter comprido. Mas também gosto de o ter curto - na realidade até gosto mais de me ver com cabelo curto mas, podem não acreditar, a verdade é que dá-me muito mais trabalho. E confesso que achei o corte aqui da menina Mena Suvari, na fotografia, um must.

Enfim. Decisões. Decisões. E ter tempo para decidir é capaz de não ser assim tão bom quanto isso.

20 comentários:

  1. Gosto muito mais de cabelos mais curtos de que compridos, dá um ar muito mais "clean"...opiniões!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gostar, gostar, até gosto de ter o cabelo curto porque acho que me fica melhor. Mas como cresce muito rápido, acabo por ter de o cortar mais vezes e dá-me muito mais trabalho. O meu cabelo é liso, por isso, quando o deixo crescer é só, basicamente, lavar, hidratar e secar que não me dá trabalho nenhum. Mas acho que já está decidido, vou cortá-lo um pouco :)

      Eliminar
  2. Este corte é bem giro. Mas até lá ainda tens tempo para mudar de ideias ;)

    ResponderEliminar
  3. Eu nunca sou boa conselheira, gosto imenso de cabelos curtos e acho que as pessoas devem arriscar, ainda ontem fui com uma amiga ao cabeleireiro que cortou imenso, ficou mesmo gira ;) eu própria quando é para cortar, corto imenso, agora a loucura é mesmo deixar crescer... O que é um bob? :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahhh, eu arrisco! Arriscar é comigo eheheh
      Um bob é o corte mais ao menos pelo queixo/ombros, a direito. Se bem que eu já o tive mais comprido à frente e mais curto atrás :)

      Eliminar
  4. O que é um bob?? O corte da foto é giro :D

    p.s. Tens um email no privado :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um bob é o corte mais ao menos pelo queixo/ombros, a direito. Se bem que eu já o tive mais comprido à frente e mais curto atrás :)
      **

      Eliminar
  5. Eu sou mais de cabelos compridos. Más recordações de cabelos curtos, pronto.
    O corte de cabelo da foto é muito giro mas o problema é que se fizeres, nunca vai ficar igual

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, que nunca fica igual sei eu até porque não tenho paciência para andar sempre a esticá-lo (apesar de já o ter liso) e a pôr produtos disto e daquilo. Mas pelo menos fica como inspiração :)

      Eliminar
  6. O corte da fotografia é tão giro! *-* Já tive o cabelo mais ou menos com este comprimento (também gosto de arriscar :P), mas agora tenho-o comprido e adoro. Prefiro ver-me de cabelo comprido, mas há pessoas que ficam mesmo bem com ele curto.
    Bem...também tenho que tomar umas decisões a respeito de cabelos...estou sem saber se deixo crescer a franja, por exemplo xD

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem, eu confesso que tenho o cabelo todo escadeado e tenho umas pontas compridas, atrás, que me estão a chatear um pouco, sendo um dos motivos pelos quais estou a pensar cortar um pouco. Mas acho que está mais ou menos decidido que vou cortar ao estilo da fotografia mas mesmo pelos ombros :)

      Eliminar
  7. Ah e eu também vou à mesma cabeleireira à anos, já tentei mudar várias vezes, mas só aquela faz o que eu quero :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então para pintar é mesmo uma maravilha! Sem exageros, quando lá vou pintar, a tinta dura-me o dobro do tempo se se for a outro sítio qualquer, para além de que leva bem mais barato. Eu aqui ainda não me aventurei nos cabeleireiros, e enquanto puder, aproveito quando vou a portugal para ir à minha cabeleireira :)

      Eliminar
  8. Gosto muito desse corte, acho que te iria ficar bem!

    ResponderEliminar
  9. até ao final do ano também eu miga, mas para mim vai ser radical. Vai tudo ao ar :(

    ResponderEliminar

Gambuzinem