sexta-feira, janeiro 17, 2014

Defeito de fabrico


Já há uns tempos para cá que tenho vindo a desenvolver a ideia de que sofro de uma patologia, não grave, mas ligeiramente desconfortável em certas alturas. Nasci com um defeito de fabrico: tenho as orelhas demasiado pequenas, melhor dizendo, o canal auditivo, principalmente o da esquerda. Não há uns únicos auscultadores que eu consiga enfiar nas orelhas e que, passados meros segundos a andar com eles postos, não estejam a cair. Já comprei vários, de várias marcas. Baratos e caros. Com esponjinha, sem esponjinha, assim como aqueles que vêm com uma pecinha de plástico muito fino, em forma de cone cortado, e que se enfia mesmo no ouvido. Nada funciona. Uns conseguem resistir pouco mais tempo que outros, mas o destino acaba por sempre sempre o mesmo: a fuga, o bungee jumping. Daí ter chegado à triste conclusão que o problema só podia vir das minhas orelhas.

Eu sei, podia comprar daqueles auscultadores grandes, típicos nos anos 90 e que agora estão outra vez muito na moda. Mas, miúda reservada e pouco apreciadora das luzes da ribalta que sou, não acho piada à maneira como aquilo chama a atenção de qualquer um. Tampouco me ajeito com aqueles phones parecidos com auriculares que se agarram atrás da orelha. Portanto, a minha falta de jeito aliada à falta de gosto por capacetes auditivos e ao meu defeito de fabrico orelhal, torna a bonita experiência que é andar na rua e, simultaneamente, ouvir música, num jogo da apanhada com os meus próprios phones. Not funny!

A única coisa que agora ainda vai conseguindo mantê-los no sítio é o gorro (um bem haja ao gorro!). Mesmo assim, não é uma situação perfeita, visto que os sinto a bailar um pouco e, vai e não vai, lá tenho de pôr a mão dentro do gorro para voltar a ajeitá-los. A grande diferença é que, assim, já não os apanho no ar e acabo por ouvir um pouco mais de música. Mesmo assim, acho que vou começar a prendê-los com fita-cola à orelha. Não deve ser a coisa mais coisa bonita de se ver, mas com o cabelo à frente das orelhas e com o barulho das luzes, a coisa é capaz de se tornar minimamente camuflada.

13 comentários:

  1. Caramba agora que dizes isso também acho que tenho esse problema. Nunca tinha pensado nisso! Os auscultadores estão sempre a cair.

    ResponderEliminar
  2. Sofro do mesmo problema embora em menor escala.
    Imaginei-te com os phones a dançar no gorro. Ao menos ouves em stereo :D

    ResponderEliminar
  3. eu tenho ambas as orelhas muito pequeninas. e gosto muito delas assim. Mas tenho o mesmo problema. Ando com os phones sempre a cair, por isso, não uso. Bem que gostava de ouvir as minhas musicas no ginasio, mas é impensavel. :/

    『♥』DESABAFOS E COISAS『♥』

    P.S.: Vê o meu ultimo post ♥ [About me] Como engordei, e como quero mudar de vida.♥

    ResponderEliminar
  4. Também tenho esse problema mas como não uso gorro, desisti de ouvir através de fones. Só oiço música em casa ou no carro. Bem procurei mas nunca encontrei os "tais" auscultadores para as minhas orelhas...

    ResponderEliminar
  5. O que me ri a ler o teu texto. Acontece-me exatamente o mesmo!!! não consigo perceber como é que alguém consegue correr kms de fones nos ouvidos!!!...
    Eu chego ao cumulo de estar sentada, a trabalhar, e os fones caírem-me do nada, sem eu me mexer, falar ou esbocejar....
    =P

    ResponderEliminar
  6. Haha que grande chatice. Já tentaste mesmo todos os géneros? Até mesmo os deste género te caiem: http://www.harriscomm.com/catalog/images/HC-CA-EARPHONE.jpg ?

    ResponderEliminar
  7. Sou exactamente como tu. Todos lá em casa gozam comigo por causa disso. Por isso os últimos auscultadores que comprei foi mesmo desses à anos 90. Por isso só os uso em casa. Nem pensar andar ou correr na rua a ouvir música. Não consigo mesmo.
    beijinho

    ResponderEliminar
  8. Eu também não consigo ter auscultadores no ouvido direito porque:
    1 - estão sempre a cair
    2 - não ouço do ouvido direito.

    ResponderEliminar
  9. Ao menos arranjaste uma solução com style :)

    ResponderEliminar
  10. A minha mãe queixa-se do mesmo :p
    Mas de certeza que há por aí uns fones ideias para ti!

    ResponderEliminar
  11. Tenho o mesmo problema mas resolvi o caso com esses auscultadores que prendem na orelha, vinham com três tamanhos de "tampões" e foi a solução.

    ResponderEliminar

Gambuzinem