quarta-feira, fevereiro 12, 2014

A vantagem de não ser uma comedora de carne numa terra onde só se come carne


Nos restaurantes, ainda está Sr. Gambuzino indeciso entre 22 pratos diferentes de carne disponíveis - e muitas vezes ainda pergunta se não tem a única coisa que não vem no menu - e já eu escolhi as entradas, o prato principal, bebida e a sobremesa (aqui é que sou capaz de ficar um pouco indecisa) e já vou a meio da leitura do cardápio só para ajudar o homem a decidir-se de uma vez por todas. Isto porque, tirando as vezes em que vou a restaurantes vegetarianos, por norma demoro mais tempo à procura da secção de comida vegetariana do que a escolher o prato em si, visto que por norma há só um. Dois, três no máximo dos máximos. Portanto, um processo super hiper mega rápido. Ultra vantajoso quando estou cheia de fome.
Há que ver as coisas pela positiva.

7 comentários:

  1. Isso é mesmo uma grande vantagem... o problema é mesmo ter de esperar que a companhia escolha o prato que quer comer! :P
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. Normalmente tenho mesmo problema que o teu Gambuzino :/

    ResponderEliminar
  3. Hahah sem dúvida que tem os seus prós :p não há muito por onde ficar indecisa :p

    ResponderEliminar
  4. hehehe... exactamente!!! É tudo uma questão de perspectiva ;) kiss

    ResponderEliminar
  5. visto dessa forma, realmente é optimo e motivador. :D

    ResponderEliminar
  6. Há que ver sempre o lado positivo :p
    Eu já larguei as carnes vermelhas. Um passo de cada vez.
    O problema é aqui aqui a maioria dos restaurantes não tem sequer essa opção no menu.

    ResponderEliminar

Gambuzinem