quinta-feira, junho 19, 2014

Atirar a batata quente...

Telefona-se para as finanças em Portugal e estes mandam-me para a embaixada Portuguesa, aqui em Dublin. Chegada à embaixada, dizem que as finanças em Portugal é que têm de resolver o assunto.

Por causa de um papel. Um. Papel.

No entanto, tenho a dizer que na embaixada foram super prestáveis e simpáticos. Mostraram logo disponibilidade e vontade em ajudar, mesmo não sendo um assunto das suas competências mas sim, realmente, das finanças de Portugal. Menos mal.

6 comentários:

  1. como é possível?!
    gostava de perceber estas burocracias todas..

    mas pode ser que com a ajuda da embaixada seja mais rápido..

    kisses***

    ResponderEliminar
  2. Ah, isso é normal, quando temos de tratar com as finanças, dá sempre problema. Boa sorte :)

    ResponderEliminar
  3. "Burocracias difíceis de resolver? Então toca a mandar para outro lado, porque aqui não queremos isso..." Penso que deve ser qualquer coisa do género que passa pela cabeça das pessoas que trabalham no atendimento ao público... mas enfim!
    Espero que resolvas isso rápido! Beijinho*

    ResponderEliminar
  4. Das finanças em Portugal não se espera outra coisa, quanto menos fizerem e mais receberem, melhor!!

    ResponderEliminar

Gambuzinem