quinta-feira, outubro 30, 2014

Amsterdão {3}










Depois de sairmos do The Rembrandt House Museum e de almoçarmos uma sopa de cebola e uma tosta (as tostas vinham sempre acompanhadas de uma tacinha pequena de ketchup), fomos para a zona judaica de Amsterdão visitar a Sinagoga Portuguesa e o Museu Histórico Judaico. A comunidade judaica sefardita de Amsterdão é uma das maiores e ricas comunidades judaicas da Europa, tendo tido início com o êxodo de judeus portugueses e espanhóis durante a Santa Inquisição que foram para esta zona por, já na altura, ser conhecida pela grande tolerância religiosa.




No fim, fomos visitar a Anne Frank House. Estivemos uma hora na fila à espera para entrar mas valeu a pena. Era, na verdade, uma das coisas que eu mais queria ver em Amsterdão. A única palavra que me ocorre para descrever a visita é "arrebatador". De dentro da casa não tirei fotografias visto que, por uma questão de respeito, não é permitido. O que faz todo o sentido.

7 comentários:

  1. confesso que tive bastante sorte com a casa de Anne Frank, tinham-me falado das filas imensas, nós fomos mais ao final do dia e demorámos 20 minutos a entrar :) apesar de ter gostado da casa, confesso que estava à espera de mais, sinto que foi muito mexida para o turista. beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Tão bom ver estas fotos, em segundos, foi como se tivesse voltado lá.
    Então e não dizes nada sobre os space cakes!? ;) (brincadeirinha)
    http://coeurdartichautbyannabelle.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Fiz a pergunta ontem e hoje soube que sempre foste à casa de Anne Frank. A única perspectiva que tenho da casa é aquela que obtive através do filme A Culpa é das Estrelas mas achei muito bonita!

    ResponderEliminar
  4. Se um dia lá for também quero ir à casa de Anne Frank :)

    ResponderEliminar
  5. Estou tão doida por ir a Amesterdão!!!

    ResponderEliminar

Gambuzinem