quinta-feira, novembro 13, 2014

Aiiii tanta pressa, que violência!


O embarque para o avião é feito sempre por filas, primeiro entre as filas 15 a 29 e de seguida da fila 1 à 14. Enquanto não chega a sua vez, pede-se, é favor de permanecer sentado. Pois, mas levanta-se tudo, não há alminha que fique sentada. Querem todos ser os primeiros a entrar.
A saída do avião, depois do vôo, é basicamente a mesma história: a porta está fechada, os sinais para se permanecer sentado e com cintos apertados ligados, mas já está tudo levantado a tentar tirar as malas de cima. Devem estar com medo de perder o avião...
Por norma, depois do avião aterrar,  só me levanto quando já não há tanta confusão. Nas calmas. Para quê, de qualquer das maneiras vou ter de ficar à espera da mala de porão.
Mas o problema, hoje, foi mesmo esse: ter ficado sentada. De regresso a Dublin, com a porta do avião fechada, tudo a levantar-se e, claro, o corredor começa a ficar mais preenchido de pessoas nervosas e apressadas que depressa ficam sem espaço para se mexerem muito. E eu, muito calma e zen, sentada à espera que a manada passasse. E o corredor cada vez mais cheio, ainda com a porta fechada. Pois que, eu muito entretida a jogar Candy Crush quando sinto algo contra a minha cara. 

Um rabo. Um rabo foi duas vezes seguidas contra a minha cara. 

E esse mesmo rabo, depois de me pregar dois sopapos mesmo no meio das minhas trombinhas, ainda tenta invadir o meu espaço. Não me levanto do lugar para não me sentir que nem uma sardinha enlatada e mesmo assim vejo-me nesta situação, encurralada entre a pessoa ao meu lado, que hoje era a minha mãe (iéééééiiiii!!!) e um rabo.

Ai a minha vida...

9 comentários:

  1. que horrooor :x viajando hum? coisa boa *-*
    que seja tao agradavel que esqueças essa situaçao :*

    ResponderEliminar
  2. Bem, isso também já me aconteceu e devo dizer que geralmente sou das últimas pessoas a entrar no avião - não entende toda a confusão, uma vez que os lugares são marcados - e a última a sair, afinal depois temos de esperar pelas malas!

    Beijinhos,
    http://mrswonderlandby2.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  3. Nossa que biolência mesmo!! Mas é mesmo assim, a malta não consegue estar sentada - é incrível!

    ResponderEliminar
  4. Bem isso é que foi! Fica uma lembrança para a próxima viagem, não ficar no corredor! :P
    Beijinho querida Karina! Ah, e aproveita bem os teus papis aí em Dublin! **

    ResponderEliminar
  5. Ai eu dizia logo olhe cuidado .. credo !

    ResponderEliminar
  6. LOL Ri-me tanto com este teu post que me esqueci do que ia comentar... LOL

    ResponderEliminar
  7. podia ter sido pior, imagina se o rabo soltava um peidinho?

    ResponderEliminar

Gambuzinem