quarta-feira, novembro 05, 2014

Aquela sensação indiscritível quando se chega a casa


No final do ano passado decidimos mudar de apartamento, em Dublin. A senhoria decidiu aumentar a renda para um valor estupidamente alto para a casa que era e nós decidimos que, se era para pagar aquele valor, que fosse para uma casa melhor. E assim foi.
Tivemos a sorte e felicidade de encontrar um apartamento mesmo no centro da cidade - para quem conhece Lisboa, vivemos numa zona mais ou menos equivalente ao Chiado, ou seja, mesmo no centro e perto do Bairro Alto, que em Dublin é o Temple Bar. Para além da localização, o apartamento é melhor, com mais espaço, bem mais quente (em pleno inverno, só ligamos o aquecedor do quarto uma hora à noite, ao contrário da antiga casa em que ou andávamos embrulhados em mantas, robes, cachecóis e tudo mais, ou víamos a conta da electricidade disparar como chegou a acontecer), e a renda acabou até por ficar um pouco mais baixa do que o que a senhoria da outra casa estava a querer.
Podemos dizer que estamos muito contentes com o apartamento em que estamos - e depois de vermos as casas horríveis que há por lá, ainda mais - e a nossa senhoria actual é um amor, uma simpatia que só ela.

Mas depois uma pessoa vem a casa. Abre a porta e a primeira coisa que sente é o cheiro a baunilha. Entra e começa a ver as coisas, desde os magnéticos da porta do frigorífico de todas as cidades que já visitámos, à nossa mesa de jantar, as almofadas todas diferentes que temos em cima do sofá bege, as fotografias, os livros, a cama, os quadros... As memórias.
Posso vir a casa várias vezes por ano, mas a sensação, quando volto a entrar pela primeira vez depois de algum tempo em Dublin, é sempre a mesma, e é indiscritível.

Não há dúvidas: podemos estar bem noutro sítio, mas não há nada como a nossa casinha.

7 comentários:

  1. A nossa casa é sempre muito especial :)

    kisses***

    ResponderEliminar
  2. Boas férias, boa estadia e parabéns. Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Sinto o mesmo sempre que regresso a casa ^^

    ResponderEliminar
  4. É verdade! Podias partilhar connosco bocadinhos da casa :D*.*

    ResponderEliminar
  5. Ai que maravilha, o que mais quero é esse "lugar" só nosso. Ainda só temos a nossa "casa alugada" mas o maior sonho é a nossa, comprada. O NOSSO primeiro "nosso" a sério. =)

    ResponderEliminar

Gambuzinem