terça-feira, fevereiro 24, 2015

Ah, elas queriam muito fazer a barba!

Se reencarnar numa outra vida, que eu volte a nascer mulher. Ou homem gay.
Eu sou mulher mas reconheço que aturar mulheres (outras, que eu sou uma santa...) não é fácil.

É que se nós temos direito a ginásios só nossos, ou seguros só para mulheres, ou contas bancárias a pensar só nas mulheres, ora porra, porque é que eles não podem ter um espaço só deles, ainda para mais sendo uma barbearia? Somos iguais como seres humanos - que somos, ninguém é mais ou melhor só porque é homem ou mulher - mas existem diferenças dentro dos dois sexos.

Lutem mas é pelo direito a salários justos e equalitários e pelo direito de uma mulher poder engravidar à vontadinha sem medo de não ter o seu lugar no trabalho quando voltar. Isso sim seria serviço feminista.

5 comentários:

  1. Feminista assumida como sou não podia estar mais de acordo com estas tuas palavras!

    ResponderEliminar
  2. Tal e qual, elas agora andam a ser bastante criticadas, e com razão, que raio de atitude!

    ResponderEliminar
  3. Cuidado, o post anterior tem muita perna de fora. Ahahah

    ResponderEliminar

Gambuzinem