quarta-feira, abril 08, 2015

E o que eu gosto de surpresas!

  

Mas não gosto muito. Aliás, não gosto quando a surpresa passa a meia surpresa: sei que vai haver qualquer coisa mas não sei ao certo o quê. Disso e da tão famosa frase "tenho que te contar uma coisas mas agora não posso, mais logo!". Para além de não descansar até saber o que a pessoa tem para dizer, começo logo a fazer filmes na minha cabeça, então eu que tenho uma imaginação tão fértil - como diz uma amiga minha "essa tua cabeça dava uma banda desenhada bem jeitosa".
Portanto, podem imaginar quando ontem à noite vou a ver os e-mails e tenho um a pedir o meu contacto telefónico porque precisavam de falar comigo  - e àquela hora já não dava para falar.
Leio isto e, imediatamente, sinto duas portinholas na minha cabeça a abrir, a da ansiedade e aquela de onde sai uma rajada de pensamentos com mil e um filmes diferentes que ficam a marinar na minha mente até ao momento em que recebo a chamada, hoje de manhã.
É claro que, com tanta possibilidade, uma delas estava muito perto da realidade, se bem que com contornos diferentes.
Então que durante a chamada explicam-me o que se passa e qual a possível solução do problema. Perguntam o que eu acho. Digo que sim, por mim, tudo muito bem! Agora vamos ver o que as outras partes envolvidas acharão dessa mesma solução - quero acreditar que também vão achar bem.
E pronto, apesar de tentar ser sempre uma pessoa de pensamente positivo, a verdade é que não me consigo escapar da ansiedade e das mil e uma coisas que passam constantemente pela minha mente, deixando-me muitas vezes exausta de mim própria.

Tenho de começar a fazer meditação, a ver se acalmo.

10 comentários:

  1. Tens de tratar disso! Mas eu acho que é próprio da maioria dos seres humanos sofrer por antecipação... Eu pelo menos sou assim! Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. As meias surpresas são as piores, porque quando não sabemos de nada pelo menos andamos na ignorância e não nos preocupamos ahah
    Eu também sou como tu e faço miiiiiiil filmes, e geralmente todos bem piores que a realidade x)

    ResponderEliminar
  3. Exercício físico também ajuda a relaxar =) Mas acho que todos somos um pouco assim ansiosos!

    ResponderEliminar
  4. Eu também sou assim! E por acaso já experimentei meditar mas se queres que seja sincera, aquele silencio todo ainda me faz pensar mais nas coisas...ou então ainda não aprendi a desconectar-me! :)

    ResponderEliminar
  5. Eu acho que sou a ansiedade em pessoa...

    ResponderEliminar
  6. Também sou assim, aliás, até prefiro que as pessoas não me digam nada. Isso do: tenho de falar contigo mas agora não deixa-me louca! Se agora não então para que é que disseram? grrrr

    ResponderEliminar
  7. Calma, se não fizeste nada de mal não tens que te preocupar

    ResponderEliminar
  8. Acho que também sou assim, às vezes deixo-me consumir um pouco mais do que devia por essas coisas que ficam pendentes.

    ResponderEliminar
  9. Nada de sofrer por antecipação! ;)

    ResponderEliminar

Gambuzinem