terça-feira, maio 19, 2015

Soninho para que te quero


Eu não sou pessoa que, por norma, precise de dormir muito. Raramente durmo oito horas seguidas, ora porque não preciso, ora porque tenho insónias, ora porque tenho o sono a dar para o leve e acordo muito facilmente com barulhos (nem precisam de ser muito altos) e claridade (e aqui não há estores, temos apenas um blackout - uma cortina preta e opaca - mas que para mim não é suficiente) e o processo de voltar a adormecer é demorado - isto quando consigo voltar a adormecer.
Mas, senhores, não imaginam o bem que me soube ter conseguido dormir oito horinhas seguidinhas sem interrupções de sábado para domingo - se bem que, tecnicamente, já era domingo quando fui para a cama. Estava mesmo, mesmo, mesmo a precisar. Estas últimas semanas têm sido bastante preenchidas, com muito trabalho, e o ter conseguido uma noite de puro descanso, fez-me sentir revigorada.
Uma maravilha!

6 comentários:

  1. É sempre bom quando se consegue descansar =)

    ResponderEliminar
  2. E o bom descanso faz muito bem ao cérebro! Podes sempre optar pelas mascaras para tapar os olhos e tampões para os ouvidos...

    ResponderEliminar
  3. Carregaste baterias para a semana :D boa ;)

    ResponderEliminar
  4. Olha bem tenho saudades de dormir assim bem bem ...

    ResponderEliminar

Gambuzinem