quinta-feira, outubro 08, 2015

Constatação

Giríssimo de se ver que as redes sociais estão repletas de gente perfeita que nunca se engana, nunca erra, que nunca tem maus dias, e que diz sempre as coisas perfeitas, no sítio certo e à hora certa.

Só assim se explica a facilidade com que esta gente aponta o dedo, chama a atencão e dispara logo com nomes feios e ofensas àqueles sacanas, desgraçados desta vida, que tem a ousadia de se enganar.

Pois, pois que acredito que foi mesmo um lapso de José Rodrigues dos Santos e a explicação dada faz sentido. Se não tiver sido um lapso, que peça desculpa e que para a próxima não se ponha com piadinhas em pleno telejornal. Pronto, sem grandes dramas. 

9 comentários:

  1. Tanta alarido por uma coisinha tão simples. Enfim!

    ResponderEliminar
  2. Eu acho que se foi um lapso é desculpável mas se não foi é inadmissível. Se foi um lapso ficava-lhe bem ter pedido desculpas, coisa que não fez. O sururu facebookólico era dispensável.

    ResponderEliminar
  3. Concordo. Santa paciência para esta gente, fica logo tudo revoltado. Para mim a explicação tem toda a lógica mas há pessoas que procuram coisas para criticar.

    ResponderEliminar
  4. As pessoas gostam de circo. E está visto que têm demasiado tempo disponível, mas que não o usam para pensar no que deviam.

    ResponderEliminar
  5. Mas se as pessoas não passassem a vida a criticar e a apontar o dedo, com que é que se iam ocupar? ;)

    ResponderEliminar
  6. Eu nem consigo acreditar que ele tenha dito aquilo propositadamente...

    ResponderEliminar
  7. Acredito plenamente no lapso. acredito que também as pessoas andem mortinhas por apontar erros nos outros. Incrível.

    ResponderEliminar

Gambuzinem