segunda-feira, novembro 30, 2015

Enquanto estava meio mundo maluco com o Black Friday....

 

Nos estavamos malucos por ir ver U2, ainda por cima quando este era daqueles concertos que, por um motivo ou outro, ainda nao me tinha sido possivel ver mas pelo qual ansiava desde os meus treze anos quando, no Natal, ofereceram-me o Best of 1980-90. E te-los visto na sua terra natal... Que espectaculo!

quarta-feira, novembro 25, 2015

Já?!

Já só falta um mês! :)


terça-feira, novembro 17, 2015

Descubram as diferenças

Contexto: trabalhar doente.

Em Portugal
-Estás doentinha??? Oh coitadinha... Queres ir para casa?! Mas ainda consegues respirar... Não estou a perceber porque queres ir para casa. Isso é só uma alergiazita. Vá, trabalha malandra!

Aqui
- Mas o que estás aqui a fazer? Devias ter ficado em casa! Até porque estás a contagiar, a infectar o ar todo! Já para casa!

True story

quarta-feira, novembro 11, 2015

Politiquices

Isto não tem nada a ver com ideologias políticas, com o se ser de direita ou de esquerda ou de centro. Não tem a ver com partidos políticos (eu até me assumo como apartidária).Tem a ver com pessoas e com regras do jogo. Tem a ver com o respeitar-se o voto do cidadão.

Na minha ingenuidade, ganha quem fica em primeiro lugar, quer se goste, ou não. Isto, para mim, é a autêntica democracia. Às vezes gosto dos resultados, outras vezes não, mas tenho de respeitar (por muito pouco que compreenda ou concorde). Mudar as regras a meio do jogo, por alguém que já tinha traído um seu parceiro político, que trai a decisão democrática dos portugueses, que trai as convicções partidárias ao juntar-se a outros partidos que têm um abismo de ideais entre si, só mostra que é aquela pessoa que vai continuar a trair tudo e todos para chegar onde quer chegar. Lá está, não tem a ver com ideais políticos, tem a ver com pessoas. E eu não gosto muito de traidores.

Não quero aqui discutir política. Eu tenho os meus ideais e respeito quem tenha outros ideais diferentes dos meus. Mas não consigo compreender como é que três derrotados se tornam num vencedor. Quer se goste, ou não, deveria ganhar quem fica em primeiro. Se não há condições para governar, que se volte a eleições. Ou afinal de contas, o povo já não é quem mais ordena?

terça-feira, novembro 10, 2015

Obrigada, obrigada, obrigada!

Ainda não tinha tido oportunidade de vir aqui agradecer a todos que me desejaram feliz aniversário e por isso, mil perdões!
Muito obrigada a todos! 


sexta-feira, novembro 06, 2015

Happy birthday to me!


Vinte e nove mais um. Sim, que eu ainda estou em negação... Não acredito que nunca mais vou ter vintes. Nunca mais. Jamais. Adieu vintes. Alôs, década dos vinte e nove mais x (e respiraaaaa fundo... Não hiperventiles...)

Agora a melhor parte, ontem já recebi a melhor prenda de aniversário de todo o sempre, a única coisa que eu realmente queria: os meus papis aqui comigo. Sim, que eu posso estar com  trinta vinte e nove mais um, viver noutro país, a 1648km de distância, mas vou ser sempre a menina dos papás. 

E pronto, cá estou eu. Mais velha (mas, pelos vistos, com aparência de mais nova). Mais sábia (ou não). Com maridinho e papis ao lado. O que mais podia pedir? Nadita.