terça-feira, fevereiro 16, 2016

2016, o ano de todos os casamentos


Ainda só vamos em Fevereiro e já tenho três  casamentos marcados para este ano. Três. Todos eles pertinhos uns dos outros. Aliás, tecnicamente, até tenho quatro, mas um, o primeiro, vai ser em Las Vegas e por muito que gostasse de ir (tipo, é claro que gostava de ir... casamento em Las Vegas, o que poderia ser mais fixe que ir a um casamento em Las Vegas?! Um casamento em Las Vegas destes nossos amigos!) não vai ser possivel.
Portanto, se por um lado peço aos anjinhos para que mais ninguém se lembre de casar este ano e de me convidar - ainda por cima, tendo em conta que estamos na Irlanda, temos de contar com uma logística um pouco diferente, como marcar viagens, marcar dias de férias, etc, etc - por outro lado fiquei com a lágrima ao canto do olho de tão emocionada que fiquei (e eu que não sou nada destas coisas de lágrimas ao canto do olho) quando soube este fim-de-semana que a minha querida e adorada amiga Kiki - não, não tenho amigas com nomes pomposos e chiques como Kiki, mas é uma brincadeira nossa - se vai casar.
A Kiki é a minha amiga que foi comigo ver vestidos para o meu casamento (e que me chamou de noiva intragrável por eu ter experimentado apenas quatro vestidos e ter escolhido logo um). Ela ajudou-me a cortar e a dobrar os nossos convites. Ela foi comigo à primeira prova do vestido. Ela foi a primeira amiga a quem contei que nos íamos casar. A Kiki estava comigo quando conheci Sr. Gambuzino. A Kiki é a amiga com quem tenho conversas telepáticas. A Kiki tem uma escova de dentes em minha casa. E é uma das amigas que tem estado presente nos bons e menos bons momentos dos últimos doze anos que nos conhecemos. Mesmo estando separadas, ela em Portugal, eu aqui.
A Kiki é uma das minhas pessoas preferidas de todo o mundo e parte-me ocoração  saber que não vou poder estar com ela como ela esteve comigo, a ver vestidos, a cortar convites de casamento, a ajudar em pequenas grandes coisas como ela o fez quando foi do meu casamento. Mas sei que ela está feliz, e no final do dia, isso é o que conta. E cheira-me que vai ser o primeiro casamento a que vou que me vai fazer chorar baba e ranho...

Kiki, Mimi luvs u*

15 comentários:

  1. este ano tenho três... dois são no mesmo dia - que pontaria! Eu gosto de ir a casamentos de pessoas especiais :)

    ResponderEliminar
  2. Eu estou noiva e caso no final deste ano também, parece que sou mais uma :P
    É difícil não podermos estar com aqueles que nos são mais queridos, em momentos especiais ou mais banais, por estarmos longe. Mas isso não significa que não estejamos "presentes" porque se a relação for especial, com um pouco de empenho e esforço conseguimos mantê-la mesmo à distância. Só tens de mostrar à tua amiga que estarás sempre disponível para o que te for possível. Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Quando viver fora de Portugal e longe da família e amigos se torna um problema... mas o que é de facto importante é que vais estar no casamento e ela está feliz :)

    ResponderEliminar
  4. Eu este ano tinha dois casamentos sendo um deles na polonia (mas este foi adiado). Da minha parte choro sempre eheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tambem tenho um casamento que foi adiado, senao seria mais um lol

      Eliminar
  5. Sou uma das noivas de 2016, a de Vegas e vim aqui meter o bedelho, porque te percebo tão bem!!! Estar separados dos nossos, naqueles momentos marcantes é quase... corrosivo! Parece que de repente somos naufragos e tudo continua a acontecer sem nós (e não é que estamos mesmo numa ilha?!) Mas o bom de tudo é que os bons amigos não se perdem e a distancia apenas estreita os laços.
    Mas no que me toca a mim, fico de coração pequenino pequenino, por não vos poder ter ao meu lado, quando entrar de mota capela a dentro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal e qual amiga!
      Pudesse eu, tambem ia com voces a Las Vegas... acho que fiquei ainda mais triste quando te vi com o vestido e pensei "oh caracas, nao vou mesmo!"
      Mas temos o Skype e havemos de estar presentes virtualmente :D

      Eliminar
  6. Olha és tu com os casamentos e por cá é o ano de todos os partos... por algum motivo, ainda não percebi bem qual... 90% das pessoas do sexo feminino que conheço engravidaram na segunda metade do ano que passou ou no inicio deste ano, ainda estou pra ver quem é a próxima.
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  7. Também já tive um da best em Janeiro e agora tenho outro em Maio. E pode ficar por aí vá :)

    ResponderEliminar
  8. Mas o que importa é que as pessoas entendem e estarão lá virtualmente :)

    ResponderEliminar
  9. olha 2015 para mim é que foi o ano dos casamentos, foi um valente fartote de festas e malta a casar. Este ano até ver ainda não há nada, esperemos que continue assim :)

    ResponderEliminar
  10. Oh :(
    Podes sempre pedir para fazer videochamada quando a Kiki foi experimentar vestidos :p

    ResponderEliminar

Gambuzinem